Suzanenses avaliam como positivo Zona Azul com bilhete eletrônico

Os suzanenses aprovam a chegada do bilhete eletrônico na Zona Azul. De acordo com os motoristas, o novo sistema auxiliará na hora da compra. Isso porque não precisarão mais procurar ou esperar agentes. O novo modelo iniciará o cadastro na segunda-feira e será implantado gradativamente. O valor da taxa continuará o mesmo, sendo de R$ 1,50.
Segundo o empresário Fábio Azevedo, a tecnologia vai melhorar o atendimento aos motoristas. “Tenho convicção que os suzanenses vão se adaptar a está função de pagamento. Esses dias mesmo tive que esperar 30 minutos um agente da Zona Azul para pegar uma folha”.
O eletricista Leandro Arruda da Silva estava procurando um agente para comprar um talão e contou que será ótima a chegada do bilhete eletrônico. “Sairemos em vantagem, pois não precisaremos ficar esperando ou procurando os agentes. Já teremos pontos fixos e o acesso será mais fácil”.
O motoboy Rodrigo Kiyamu disse que deveria ter as duas funções, tanto no talão como o bilhete eletrônico. “Penso que os dois serviços deveriam ter. Não somente até setembro, quando o talão acabará. Isso porque em falta de uma opção tem o outro”.
A comerciante Yumi Okabi ressaltou que aprova a chegada da tecnologia para o sistema da Zona Azul. “Se pensarmos bem vai ser bom por um lado e ruim de outro. Muitos agentes da Zona Azul perderão emprego e no mundo em que estamos a tecnologia tem feito isso cada vez mais”.