Endereço: www.diariodesuzano.com.br/noticia.php?id=269506

Data da impressão: 30 de julho/2014

30 de julho/2014

Ed.9890

Além de nova estrada, estudo prevê ferrovia entre Suzano e Santos

Diário de Suzano ed.: 9681 - 26 de novembro de 2013



Além da estrada de 36 quilômetros que vai ligar Suzano à Baixada Santista e o Litoral Norte, um estudo entregue ao governo do Estado prevê uma ferrovia para transporte de carga. A linha de trem foi prevista no mesmo projeto e será implantada junto com a estrada.
O governo do Estado, por meio da Secretaria de Logística e Transporte, está analisando o estudo elaborado pelo Grupo Bertin. O projeto foi feito após um pedido das prefeituras de Suzano e Santos.
O estudo também vai desafogar o tráfego intenso de caminhões que utilizam a Rodovia Anchieta (SP-150). Atualmente, para chegar ao Porto de Santos circulam entre 15 mil e 20 mil caminhões todos os dias na via estadual. Além do benefício logístico, o novo acesso deve garantir a chegada de novas empresas em Suzano e um aumento de mão-de-obra.
“Todo o movimento do Porto de Santos se dá pela Anchieta. Qualquer problema que temos nesta via, temos complicações com o porto e com a reposição de materiais. Atualmente desce entre 15 mil e 20 mil caminhões para o porto. Então imagina o impacto deste movimento pela via Anchieta Neste contexto, esta nova ligação está vindo tarde para o desenvolvimento do porto e outros negócios que estão atrelados a isso”, comentou o secretário municipal de Assuntos Portuários de Santos, José Eduardo Lopes.
Ele explicou que desde o começo do ano, empreendedores têm debatido o assunto com a Prefeitura de Santos e com o governo do Estado. O projeto foi apresentado por meio da Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI).
“Quando alguém quer fazer algum projeto, encaminha para o Estado. O interessado pode ganhar a licitação, se o projeto for aprovado, ou outro pode até vencer o empreendimento que este projetou. Desde o início do ano, estamos nos reunindo com empreendedores e com o governo do Estado para debater este projeto no sentido de aprimorá-lo. Eles ainda estão fazendo um refinamento das questões”.
Além da questão de a nova via atrair caminhões que hoje utilizam a via Anchieta, o secretário falou da importância de o novo empreendimento viário atrair novas empresas para a cidade de Suzano.
“Os municípios que estarão na área de influência de estrada, como Suzano, vão ter um impacto bastante apreciável porque os empreendedores terão plataforma logística para o transporte de carga para Suzano. Além da logística que é importante, vai trazer atração de investimentos, transporte e renda”.
Lopes disse que o debate ainda precisa avançar. Para que o projeto saia do papel, o governo do Estado tem de elaborar o projeto executivo da nova estrada e posteriormente abrir um processo licitatório.



   



Enquete

Você é a favor da elevação de Suzano à estância turística?

Canais rede ds

Horóscopo

Publicidade


Colunas do dia

Sem violência

Enquanto se preocupam com a violência praticada contra crianças...

Rede DS de Comunicação - Todos os direitos reservados