Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 24 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/10/2020
PMMC COVID VERDE
PMMC MULTI 2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
PMMC OUT ROSA
Dança

Bienal do Corpo Contemporâneo abre inscrições para edição inédita e on-line

Em sua segunda edição, evento premiará 12 trabalhos, sendo quatro de Mogi das Cruzes e oito do Brasil inteiro; remuneração será de R$ 600 e R$ 300

Por de Mogi01 OUT 2020 - 15h00
Bienal do Corpo Contemporâneo abre inscrições para edição inédita e on-lineFoto: Renatto Nomura/Divulgação

A pandemia do novo coronavírus modificou a maneira que as pessoas se relacionam, inclusive com o trabalho. Teatros, cinemas, museus foram apenas alguns dos espaços que precisaram suspender suas atividades como medida de segurança. Com isso, quem é do meio cultural precisou se reinventar e apostar em uma nova forma de conexão com o público: a internet. Eis que surge a 2ª Bienal do Corpo Contemporâneo, que será realizada on-line e contará com a participação de dançarinos de todo o Brasil.

Com inscrições abertas a partir de 5 de outubro, a iniciativa será uma oportunidade para que bailarinos, acima de 18 anos, explorem a criatividade e desenvolvam coreografias pensadas exclusivamente para as suas casas e em formato de videodança. Para participar, é preciso acessar o site www.bienaldocorpocontemporaneo.com.br, ler o edital com atenção, preencher a ficha de inscrição e enviar sua videodança. Não há limite de duração.

No total, serão selecionados 12 trabalhos, sendo quatro de Mogi das Cruzes, cidade na qual o evento foi idealizado, e oito do país inteiro. Sete trabalhos receberão R$ 600 de remuneração, enquanto cinco serão contemplados com R$ 300. No caso de artistas mogianos, será necessário comprovar residência de pelo menos dois anos no município. Além disso, trabalhos sem remuneração poderão ser escolhidos e veiculados mediante autorização de cada artista. A participação é gratuita.

 Idealizada pela produtora Fernanda Moretti Arte do Movimento, a 2ª Bienal do Corpo Contemporâneo contará com uma lista de seis trabalhos suplentes. Dessa forma, caso o candidato remunerado desista, aquele que foi selecionado sem remuneração sobe de categoria, possibilitando a participação de um dos suplentes. O período de avaliação será entre os dias 2 e 13 de novembro. A divulgação dos selecionados, assim como a dos suplentes, será realizada em duas chamadas: a primeira no dia 14 e a segunda no dia 17 do mesmo mês, ambas veiculadas no site do evento.

Após o período de avaliação, as videodanças selecionadas serão exibidas em um evento especial, que ocorrerá nos dias 20, 21 e 22 de novembro por uma plataforma a ser definida. A escolha das melhores coreografias será realizada pelos curadores e bailarinos Robson Lourenço e Ítalo Leal. A direção artística do evento é de Fernanda Moretti.

De acordo com Fernanda, o projeto inicial previa uma mostra de trabalhos coreográficos no teatro, mas, com o início da quarentena imposta pela pandemia de Covid-19, surgiu a ideia de transformá-lo em um evento virtual. “Percebi uma grande oportunidade para gerar espaço e estímulo criativo aos artistas que estavam no isolamento. Essa criação será o melhor registro histórico que vamos ter desse momento, tanto sobre os espaços e modos de vida dessa época inédita da humanidade quanto dos sentimentos e emoções humanas gritantes e latentes”, comenta.

A iniciativa também terá uma função social, visto que os profissionais da cultura foram os mais afetados. “Muitos artistas ficaram sem trabalho por causa da pandemia. Pensando nisso, vamos remunerar 12 selecionados e não apenas seis, como ocorreu na edição anterior do evento. Também houve aumento no valor a ser pago, tudo para contribuir com a produção em dança neste momento que estamos vivendo”, revela Fernanda.

Contemplada pela segunda vez pelo Programa de Fomento à Arte e Cultura (Profac), da Prefeitura de Mogi das Cruzes, a Bienal do Corpo Contemporâneo conta com a parceria do Programa de Qualificação em Arte Poiesis - Instituto de Apoio à Cultura, que também apoiou a primeira edição da iniciativa, realizada em 2018, com o nome de Mostra do Corpo Contemporâneo. A programação completa da bienal será divulgada em breve.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias