Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 24 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2020
PMMC NOVEMBRO AZUL
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC MULTI 2020 NOV

Contadores de Mentira traz oficina e show gratuitos

19 SET 2015 - 08h00

Hoje, o Teatro Contadores de Mentira oferece uma oficina de danças brasileiras ministrada pela dançarina e atriz Roberta Viana. Ela integra o grupo Ilu Obá de Min, responsável por desenvolver pesquisas e apresentações de tradições da cultura Afro. A artista também faz parte da Cia Agudá.

A oficina será às 10 horas e os interessados devem chegar meia hora antes. As mulheres devem levar saias rodadas. A atividade será gratuita.

Agudá é o nome dado aos descendentes de brasileiros e de ex-escravos que retornaram à África, e vivem na região do Benin, Togo e Nigéria. Descendentes do premiado Grupo de Arte Pixaim, o grupo pesquisa, estuda as matrizes afro-brasileiras desenvolvendo a criação de um trabalho voltado para a palavra, a dança, a música, o vídeo e outras intervenções artísticas como forma de expressão.

NOITE

Mais à noite, às 20 horas, será vez da cantora Suzana Sales e do cantor Paulo Padilha tomarem o palco do Teatro Contadores.

Neste show, os músicos celebram esta história, alinhavando um repertório que une canções dos dois artistas, músicas feitas por Padilha, canções de Luiz Tatit, Arrigo Barnabé, Irving Berlin e algumas novidades, terminando em clima de carnaval.

Paulo Padilha e Suzana Salles têm uma história de parceria desde os anos 90, tempo em que Padilha era baixista do Grupo Aquilo Del Nisso. Ele participou como baixista e arranjador do primeiro CD solo da cantora, que gravou sua canção “Certeza e Ilusão”, em seu segundo CD. A partir daí, muitos encontros se sucederam, como no carnaval deste ano, quando ficaram entre as três finalistas do Concurso Nacional de Marchinhas apresentado no Fantástico.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias