Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 18 de novembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/11/2019
Pmmc Refis 2019
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC MIGO
PMMC SEGURANÇA
Pmmc maternidade
Caderno D

Estação de Mogi terá presença de escritores, sessão de autógrafos, distribuição de livros e música ao vivo

Serão disponibilizados cerca de seis mil livros gratuitos aos passageiros

Por de Mogi20 OUT 2019 - 10h00
Estação de Mogi terá presença de escritores, sessão de autógrafos, distribuição de livros e música ao vivoFoto: Divulgação
A CPTM promove a 14ª edição do projeto Livro Livre – movimento que consiste em deixar um livro num local público para que outros o encontrem, leiam e voltem a liberá-lo –, em várias estações entre a próxima terça-feira e sábado. A estação de Mogi, na terça-feira, 22, terá a presença de escritores, sessão de autógrafos, distribuição de livros e música ao vivo das 10 às 13 horas.
 
Nesta edição, serão disponibilizados cerca de seis mil livros gratuitos aos passageiros, nas estações, inclusive com a participação de parceiros que têm projetos de incentivo à leitura, aproveitando, em alguns casos, as estantes fixas das estações.
 
O objetivo do Livro Livre é criar uma corrente de leitura para que a posse do livro seja sempre transitória, compartilhada e multiplicadora. 
 
A ação é inspirada em um movimento voluntário de base global, nascido da difusão do hábito do bookcrossing, que começou nos Estados Unidos no final da década de 1990.
 
Além de atividades relacionadas à leitura, como saraus e intervenções literárias, o Livro Livre também terá outras atrações ao longo da semana. 
 
No sábado (26), encerrando o evento haverá um festival de música na Estação Palmeiras-Barra Funda. Na Luz haverá um festival com a apresentação de cinco grupos de cover de K-Pop da Coreia, além de números de música da Grécia, Bolívia e da própria Coreia.
 
Já no Brás, o destaque é o projeto Rua sem Wi-Fi, que resgata brincadeiras infantis antigas, estimulando a garotada a deixar de lado os jogos eletrônicos.
 
“O Livro Livre é motivo de orgulho para a CPTM há 14 anos, e esta edição deverá surpreender não apenas pela quantidade de livros disponibilizados, mas também pela qualidade da programação que envolve o universo cultural”, afirma Pedro Moro, presidente da CPTM.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias