Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 16 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/09/2019
Centerplex 12/09 a 18/08
PMMC CIAS
Caderno D

Grupos de cultura popular se apresentam neste domingo no Parque Max Feffer

Congada, Rodas de Samba, Capoeira, Maculelê, Folia de Reis e Coco fazem parte da programação, a partir das 10 horas

Por de Suzano08 SET 2019 - 10h00
Grupos de cultura popular se apresentam neste domingo no Parque Max FefferFoto: Divulgação

A cultura popular identifica um aglomerado de saberes definidos pela relação dos indivíduos. Ela reúne elementos e tradições culturais que estão associados à linguagem popular e oral. Neste domingo (8), a partir das 10 horas, o Pavilhão Zumbi dos Palmares, no Parque Max Feffer (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 – Centro) será palco para grupos de toda a região que trabalham com essa linguagem, com entrada gratuita.

Para abrir o evento, a entidade Luz do Amanhã, de Suzano, traz a dança folclórica brasileira de tradição afro-brasileira e indígena, que originalmente é uma arte marcial armada, o Maculelê. Para os dias de hoje, a apresentação preserva apenas a simulação de uma luta tribal usando como “arma” dois bastões, chamados de grimas (esgrimas). E isso ao som de música em línguas africanas, indígenas e portuguesa.

Já mais próximo das tradições conhecidas da cultura popular brasileira, a Associação Caminhos do Sol, do Parque Maria Helena, a partir das 10h30, vem com uma orquestra de Berimbaus. Esse instrumento percussivo é originário do oeste africano e veio para o Brasil junto com os escravos, com uma peculiaridade, a forma que se toca tradicionalmente em sua região de origem é diferente como se toca aqui.

Talvez o estilo musical brasileiro mais exportado para o mundo, o Samba também marca presença no evento. A cantora Wal Serra junto com a Roda de Bambas, da zona leste de São Paulo, traz músicas que marcaram a história do ritmo no Brasil, a partir das 11 horas.

Às 13 horas, alunos da Comunidade Kolping São José trazem a “Dança de Saias”. Às 13h30, é vez da Congada de São Benedito. O grupo vem de Mogi das Cruzes e resgata uma expressão cultural que envolve o canto, dança, teatro que sofreu forte influência cristã e de matriz africana.

Para representar a cultura nordestina, o Coco de Roda, que é um estilo de origem discutível e disseminado culturalmente por meio do Quilombo dos Palmares, vem com o trio feminino paulistano Coco de Oyá, a partir das 15 horas.

De origem cristã, a Folia de Reis está associada a uma tradição portuguesa e espanhola, que provavelmente foi trazida para o Brasil no século XIX. O reisado, como também é conhecida, é celebrado na religião católica com o intuito de comemorar a visita dos três Reis Magos (Gaspar, Melchior - ou Belchior - e Baltazar) ao menino Jesus e constituído por danças e músicas. E partir das 16h30, o grupo Estrela Guia traz esse regate cultural. Para encerrar, o grupo mogiano de cultura popular Jabuticaqui se apresenta às 17h30. 

Essa programação faz parte do “Cultura Presente”, que é organizado pela Secretaria de Cultura de Suzano. Esse projeto está há três anos em ação no município e desde o mês passado vem acontecendo edições especiais, que trazem linguagens diferentes do habitual, como é o caso da deste domingo, com a Cultura Popular.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias