Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
SOUZA ARAUJO

Humberto Martins fala sobre seus personagens

04 DEZ 2015 - 07h00

O tempo pode até ser um grande inimigo para alguns atores. Mas há os que aproveitam a experiência para ganhar segurança e, consequentemente, papéis mais densos. Humberto Martins é um bom exemplo. Aos 54 anos, sendo 26 deles dedicados à televisão, ele coleciona personagens de destaque. E quase todos envolvidos com as principais figuras femininas das tramas. Em “Totalmente Demais”, por exemplo, em que interpreta o ambicioso Germano, divide cenas com Vivianne Pasmanter e tem seus momentos de flerte com Juliana Paes.

"Isso produz mais autoestima no meu DNA. Sem dúvidas fico lisonjeado e feliz", entrega ele, que também pode ser visto na reprise de “Caminho das Índias”, no “Vale a Pena Ver de Novo”, nas tardes da Globo.

Para se sentir seguro fisicamente aos 54 anos, Humberto até recorre à musculação. Mas garante que essa não é a sua preferência quando o assunto é cuidar do corpo. O ator costuma aliar a necessidade de se cuidar a uma de suas maiores paixões: o mar. O kitesurf é um de seus esportes favoritos, mas, ultimamente, Humberto tem simplificado sua rotina de atividades.

"Surfo durante umas três horas quando eu posso. Adoro malhar ao ar livre, é bem mais gostoso do que ir a uma academia", conta.

A boa forma de Humberto, aliás, já lhe rendeu uma série de protagonistas na TV. Durante um bom tempo, ele foi o ator preferido de Carlos Lombardi para encarnar os heróis principais dos folhetins do autor, que passavam a maior parte das cenas sem camisa. Como o médico Bruno, de “Quatro por Quatro” (Globo, 1994); o encrenqueiro Lênin, de “Vira-Lata” (1996); e o misterioso Baldochi, de “Uga Uga” (2000).

Defesa pronta

Interpretar homens durões e viris é uma constante na carreira de Humberto. Mas encontrar um jeito de humanizá-los e criar uma identificação diferente com o público também se tornou rotina em sua trajetória. Em “Totalmente Demais”, a aposta principal para achar esse meio termo é a relação conflituosa que Germano tem com a mulher Lili (Vivianne Pasmanter) e o filho Fabinho (Daniel Blanco).

"O garoto é um rebelde que não hesita em enfrentar o pai. Além disso, seu casamento está em crise, principalmente por conta do estado emocional da esposa. Qualquer um é capaz de fraquejar com problemas como esses", opina Humberto, defendendo principalmente a atração de seu personagem pela jornalista Carolina (Juliana Paes).

Na história, Germano vem de uma família pobre e, para pagar sua faculdade de Engenharia Química, trabalhava fazendo fretes com um caminhão. Quando concluiu o curso, conseguiu o sonhado emprego na Bastille, indústria de cosméticos da família de Lili. O casal se conheceu ali e logo em seguida começou o namoro, que resultou no casamento e no nascimento dos dois filhos, Fabinho e Sofia (Priscila Steinman). Mas a garota morreu em um acidente de carro, o que agravou os desentendimentos de Germano e Lili.

"Ela sempre o trata de uma forma imperativa, já que é a dona de todo o império. E ele vive levando isso na cara. Não é uma situação confortável para nenhum homem", analisa.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias