Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ

'Kung Fu Panda 3' e 'Cinquenta Tons de Preto' estreiam hoje

03 MAR 2016 - 08h00

A animação “Kung Fu Panda 3” e a comédia “Cinquenta Tons de Preto” estreiam hoje no cinema de Suzano. A trilogia tem direção de Jennifer Yuh, de “Kung Fu Panda 2” (2011) e Alessandro Carloni, de “Os Sem-Floresta” (2006). Já a paródia do filme “Cinquenta Tons de Preto” é dirigido por Michael Tiddes de “Inatividade Paranormal” (2014).

Kung Fu Panda 3

A animação 'Kung Fu Panda 3' conta a história do sumido pai de Po, que resolve visitar o filho e levá-lo para uma reunião familiar. No meio da confraternização, no entanto, o panda guerreiro é surpreendido por um espantoso vilão e recorre aos velhos amigos para treinar os moradores locais a fim de combater o ser malvado.

O terceiro longa da mais bem sucedida série da DreamWorks Animation segue a receita dos filmes anteriores, que misturam filosofia zen com referências do cinema de artes marciais, embalados em visual arrebatador e aposta mais no colecionismo.

A dublagem que no original fica por conta de grandes nomes como Jack Black (Po), Angelina Jolie (Tigresa), Jackie Chan (Macaco), Lucy Liu (Víbora), Dustin Hoffman (Shifu), Seth Rogen (Louva-a-Deus), J.K. Simmons (Kai), Kate Hudson (Mei Mei), entre outros. Na versão brasileira, temos Lúcio Mauro Filho dublando o protagonista, além de  Pu Jiang e o youtuber Christian Figueiredo em pequenas participações  especiais.

O filme “Kung Fu Panda” tem como seu maior triunfo, é a incrível capacidade de conciliar os esoterismos de desapego do Oriente com essa incontornável religião do Ocidente que é o capitalismo. Além disse, a animação capricha nas cenas de luta com bom humor.

Cinquenta Tons de Preto

Já o filme "Cinquenta Tons de Preto", Christian Black é um empresário milionário, que recebe a estudante Hannah em seu escritório. Insegura e simplória, ela foi no lugar da amiga Kateesha para fazer uma entrevista para o jornal da faculdade. Não demora muito para que eles flertem entre si, apesar das trapalhadas cometidas por Hannah. Black passa então a rondá-la, disposto a atraí-lo ao mundo secreto e cheio de brinquedinhos que armazena em seu luxuoso apartamento.

O filme é uma paródia do longa "Cinquenta Tons de Cinza". “Chega de paródias! É hora de buscar outros caminhos”. Esta é a determinação que o ator Marlon Wayans, rei da comédia paródica dos Estados Unidos impôs para si após o lançamento de “Cinquenta Tons de Preto” que chega ao Brasil hoje.

Com um rendimento estimado em US$ 11 milhões em solo americano, o longa-metragem tira sarro do filme “Cinquenta Tons de Cinza” (2015), brincando com fetiches sexuais que escandalizam a classe média.

Para o astro das franquias milionárias “Todo Mundo em Pânico” e “Inatividade Paranormal”, o projeto era uma forma de provocar tabus e de dar um “Até logo!” para o filão que o consagrou e arriscar uma investida na Televisão, com um seriado chamado “Marlon”.

O humorista Marcelo Marrom faz a voz de Christian Black, enquanto seu interesse romântico, Hannah Steale, recebe a voz da atriz Samantha Schmütz.  O elenco ainda conta com Mike Epps “Se Beber, Não Case!’”, Affion Crocket “Inatividade Paranormal”, Jane Seymour “Penetras Bons de Bico” e Fred Willard.  O ator Marlon Wayans estrela, coescreve e produz a comédia.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias