Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 15 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/06/2019
CENTERPLEX 13 A 19/06
PMMC AGASALHO
GOVERNO DO ESTADO - ICESP
PMMC JUNHO VERDE
PMMC UPA JUNDIAPEBA
Caderno D

Livro de Padre Carmine sobre imigrantes será lançado neste ano

Obra "O sonho dos imigrantes na região do Alto Tietê" irá reunir histórias de imigrantes japoneses, italianos e libaneses

Por Aline Moreira - de Suzano12 JAN 2019 - 23h38
Obra que irá reunir histórias dos imigrantes na região deve ser lançada em março deste anoFoto: Bruna Nascimento / Divulgação
O livro intitulado "O sonho dos imigrantes na região do Alto Tietê", de autoria do Padre Carmine Mosca, irá reunir histórias dos imigrantes na região. Em fase final, a obra deve ser lançada em março deste ano. 
A ideia do livro surgiu por conta da aproximação de Carmine com os imigrantes, principalmente os italianos, do qual o padre faz parte. "Eu tive essa proximidade familiar, pastoral e doméstica com essas pessoas. Eu falo dos imigrantes nesse livro, por que eu tenho que analisar como foi difícil para eles alcançar um país tão distante. As histórias me comoveram e nesse meu novo livro, coloco como foi interagir com as realidades da região do Alto Tietê", explica. 
 
Obra
 
No livro, as etnias portuguesas, italianas, libanesas, japonesas e alemãs serão citadas. Carmine também irá detalhar como foram as viagens de navio para o Brasil. "A imigração foi muito arriscada, muitos se perderam no mar nas primeiras imigrações", conta. 
 
Além disso, o livro dará espaço aos valores culturais, folclóricos e culinários dos países originários dos imigrados, constituindo, segundo Carmine, uma nova realidade dos imigrantes.
 
"Também falo sobre a realidade que o Brasil apresentou para eles, a realidade rural principalmente. Quase todos, portugueses, italianos, japoneses foram para a área rural quando chegaram. Depois se transferiram para a realidade urbana e industrial", diz. 
 
A imigração japonesa terá destaque nas histórias, principalmente por ter um número maior de imigrantes vindos para a região. 
 
Carmine, que além de assessor da pastoral juvenil da Diocese de Mogi das Cruzes, é colunista no DS. 
Ele conta que irá publicar no livro histórias que já foram publicadas no jornal. 
 
"Uma delas é sobre um imigrante japonês que chegou aqui com 7 anos e voltou no Japão com 72 anos e foi rever o lugar de onde ele saiu e o vilarejo onde ele viveu um parte da infância", relembra. 
 
"Como já escrevi essas histórias, não posso deixar esses textos inutilizados. Estou fazendo uma composição, bem articulada e sistemática para criar o livro e poder dar a todos os imigrantes e seus descendentes uma maneira de se relacionar com a história do outro", explica. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias