Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 21 de julho de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/07/2018
MRV WEB -SUPER SUPREME
PMMC JULHO - DESKTOP
PMMC JULHO - FÉRIAS NA CIDADE
Cultura

Mogianos fazem sucesso no YouTube com vídeos focados no cinema

Friends Group Entertainment já ultrapassa os 60 mil inscritos na plataforma digital

Por Amanda Moreira - de Mogi14 JAN 2018 - 14h22
Grupo mistura conteúdos de produção independente baseado no mundo do cinemaFoto: Ruan Carlos/ Divulgação
Um grupo de amigos apaixonados pelo mundo do cinema criou no final de 2014 o canal no YouTube "Friends Group Entertainment", que mistura conteúdos de produção independente baseado no mundo do cinema com referências ao universo geek/nerd, com muitas cenas de ação, efeitos especiais e visuais e uma pitada de humor escrachado que faz a diferença através de uma crítica com conteúdos diferenciados.
 
O idealizador e um dos integrantes do grupo Felipe Guilherme, de 23 anos conta como tudo começou e as experiências e dificuldades que enfrentam com o canal que já ultrapassa a marca de 60 mil inscritos.
 
Inspirado em um canal australiano chamado "RackaRacka", o jovem juntamente com mais dois integrantes criaram o " Friends Group" e decidiram apostar no projeto."Quando o canal foi criado eu tinha acabado de sair do meu último emprego, minha namorada Rebeca Gonçalves me incentivou a realizar um conteúdo voltado ao cinema. Com isso, acabei reunindo mais dois amigos, o Anderson Queiroz e a Cintia Nogueira e a partir de então, começamos a apostar no projeto e a produzir nossa primeira produção"A Chave" que foi lançada no dia 1 de janeiro”, conta.
 
Em novembro de 2016, o grupo conseguiu criar o seu primeiro longa-metragem chamado "Frenesi", que adaptou a lenda de Slenderman para o Brasil. 
 
Após a repercussão positiva do filme, o canal lançou em maio do ano passado o longa "Remanescentes". "O filme foi roteirizado pela Rebeca e dirigido por mim, e o mesmo foi produzido pela equipe falando de um drama situado no Brasil completamente devastada e pós-apocalíptica, no qual um grupo de exilados luta para sobreviver em meio a um cenário cruel e violento, onde a vida humana e os questionamentos morais já não tem mais significado algum. Nossa ideia ao produzir "Remanescentes" era sair do convencional filme de zumbi e gerar debates entre os personagens", enfatiza.
 
Com dezesseis integrantes ao todo, o grupo não consegue viver apenas da plataforma digital e com isso, aposta nas divulgações para manter o apoio na criação de conteúdos independentes. "Nossa maior dinâmica é apostar na apelação do humor negro e misturar ação e comédia no estilo Tarantino, realizamos um exagero proposital para despertar curiosidade à quem assiste. Nos filmes em si, não fazemos este tipo de crítica por se tratar de um conteúdo roteirizado com uma pegada mais séria. Como a maioria dos nossos inscritos é um público entre 17 à 25 anos, conseguimos manter a ideia, entretanto, nos preocupamos com a faixa etária pois, as crianças também acompanham nosso trabalho e com isso colocamos restrições de idade para proteger a identidade com muita responsabilidade e ética do canal", ressalta.
 
Felipe conta também que ainda não é possível viver apenas do canal, entretanto o mesmo auxilia para outros trabalhos e projetos com publicidade e outras produções com a visibilidade dos conteúdos. "A maior dificuldade que enfrentamos quando vamos começar a produzir algo é o apoio, pois como somos produtores independentes o mais complicado é conseguir locação, figurino, criar um novo efeito especial e precisar de um set de filmagem. Mas, sempre conseguimos improvisar e manter os vídeos, sem contar que, com as divulgações do Facebook e YouTube como a SAM (South America Memes), Voice Makers, entre outros, conseguimos manter as produções dos conteúdos e de novos projetos", comenta.
 
O grupo conquistou em 2016 o prêmio YouTube Next Up em um concurso com mais de 5 mil canais selecionados, que também ajudou no crescimento e desenvolvimento do canal, que estão com novos projetos para este ano. "Estamos realizando vários projetos para 2018 e lutando para conquistarmos a placa de prata dos 100 mil inscritos do YouTube. Ainda neste mês, no dia 26 estrearemos no Theatro Vasques o longa "A Lenda de Fênix", que é baseado no filme Cavaleiros do Zodíaco, sem contar também que daremos sequência na continuação de "Remanescentes" capítulo 2 que está previsto para sair no segundo semestre deste ano, essa sem dúvidas é a nossa maior expectativa", diz.
 
Para Felipe, se não fosse os inscritos e a sua equipe a produção de um canal independente jamais sairia do papel. "Se não fosse por eles acreditarem e apostarem nessa loucura ainda estaria preso nas ideias para criar o canal, todos eles são mais que profissionais e incritos, eles são a família Friends Group", completa.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias