Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/09/2020
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo

Roberto Bordin se dedica aos livros e a rádio

19 DEZ 2015 - 20h17

Além de publicitário Roberto Bordin, de 69 anos, se dedica a eventos ligado à arte e à cultura como edição de discos, livros de arte, apresentações de balé e música clássica. Lecionou em curso preparatório para a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e teve peças encenadas, premiadas e editadas em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. É sócio-proprietário da Editora das Hortênsias com mais de 30 livros editados, atual Editora Eu amo Livros, de Suzano.

Poeta e contista participou de sete antologias literárias. Escreveu livro de conto, que se chama "366 Contos para um Ano Bissexto com Poucas Palavras e Alguns Significados", em dois volumes, e duas peças literárias editadas em livro. Também, é produtor e apresentador de programas radiofônicos com a Gramado Rádio Floresta.

Depois de aposentado Roberto mudou sua rotina saindo de São Paulo, morou em Gramado a convite para montar uma editora. Em parceria com uma escritora local fundou a editora de livros Letras em Cores. "A editora durou cinco anos e neste momento estava sozinho, então mudei o nome da mesma para Editora das Hortênsias. Estou há cinco meses em Suzano e transferi a editora para Eu amo Livros, que já contém dois livros editados".

Roberto quer continuar no município com o projeto que realizava em Gramado com crianças com mais de 9 anos, onde ele conta o nascimento da escrita e do livro. Além do projeto voltado para as crianças, ele explica aos jovens sobre a poesia brasileira e seus autores.

Teatro

Sua primeira peça de teatro foi "Bastam Dois para Dançar um Bom Bolero", foi premiada pela Prefeitura de Santos, Sorocaba e Ponta Grossa. Em 1980, teve montagem em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

Livros e Rádio

Ele fala que sobre a escrita e a rádio são suas duas paixões. "Eu escrevo desde pequeno. Aos 9 anos já tinha lido Monteiro Lobato. Sempre gostei de escrever, se tinha algum jornal na escola que eu estudava eu participava dos projetos", contou.

"Quando fui trabalhar fazia releases. Já quando me aposentei parei de fazer propaganda e fui atrás do meu amor pelos livros e me dediquei ao rádio".

Atualmente tem quatro programas de rádio na base da música. Um conta a história da Bossa Nova, outra a trilha sonora de músicas de filmes, jazz internacional e jazz brasileiro.

O publicitário diz que pretende realizar, no ano que vem, um projeto com a Secretaria de Cultura. "Se tudo ocorrer como o previsto, queremos fazer um concurso de prosa e verso cujo assunto seria Suzano e os melhores serão publicados em uma antologia".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias