Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 26 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ

30 ruas serão beneficiadas com obras de reurbanização do Badra

08 OUT 2015 - 08h01

As obras de urbanização e assentamento do Badra Jaguari tiveram início ontem. Ao todo 30 ruas serão beneficiadas. Durante vistoria das obras, a secretária municipal de Obras e Infraestrutura, Carmen Lúcia Lorente, a Carminha, garantiu que a Estrada do Preju ficará totalmente urbanizada até o fim do ano. Atualmente, os serviços estão sendo realizados em três diferentes trechos, sendo na Estrada do Preju, na Rua Progresso e na Avenida Hélio Guimarães Lanzas, onde será implantado o canteiro de obras. Inicialmente, estão sendo feito trabalhos de limpeza e remoção de entulhos no local.

"A obra é grande. São mais de 300 mil metros quadrados de área. O empreendimento inteiro é importante, mas temos que começar por algum lugar. Por isso, para esse início, dividimos em três frentes de trabalho. A Estrada do Preju é o mais crítico por se tratar de uma via vicinal e que faz ligação entre os municípios de Suzano e Itaquaquecetuba", disse Carminha.

Orçada em R$ 20 milhões, a obra beneficiará cerca de 20 mil pessoas, direta e indiretamente. Toda a urbanização, englobando as 30 ruas, deve ser concluída até outubro de 2016. Todas as ruas receberão pavimentação asfáltica, rede de água e esgoto, drenagem, iluminação pública, além da implantação de guias e sarjetas. As calçadas não estão englobadas no projeto e cada família será responsável por fazer a sua.

Três empresas, sendo CTP, MWE e Via Nova, fazem parte do Consórcio Badra Jaguari, responsável pelo projeto. Cada uma das empresas está responsável pelos trabalhos em um dos trechos iniciais. Neste começo, cerca de 60 trabalhadores, sendo 20 de cada empresa, estarão atuando nas obras. A secretária afirma que este número vai aumentar a medida que os serviços avancem.

Com o avanço dos trabalhos, 380 famílias, que atualmente residem em situação de precariedade nas margens do Rio Jaguari, precisarão ser removidas. Uma equipe da ação social do município estará presente no canteiro de obras conversando com essas famílias e resolvendo as questões referentes às remoções. As famílias que precisarem sair de suas casas serão encaminhadas para um empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida, no Jardim Europa, que deve ficar pronto em março de 2016.

"O empreendimento da Caixa Econômica ficará pronto até março. Tentaremos antecipar para conseguir remover a família antes disso. No canteiro de obra estarão equipes que conversará e revisará o cadastro dessas famílias. É um trabalho que ocorrerá simultaneamente", concluiu. Os locais onde ocorrerão as desapropriações serão divulgados, posteriormente.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias