Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 24 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo

340 pessoas procuram por dia clínicas para se vacinar contra H1N1

07 ABR 2016 - 08h01

O medo de serem infectados pelo vírus H1N1 tem feito com que os suzanenses congestionem os telefones de clínicas em Suzano atrás da vacina contra a gripe. São cerca de 340 procuras por informações e aplicação da vacina por dia. Apesar disso, no município apenas uma unidade de saúde particular realiza a vacinação contra a gripe. Somente nela, 100 pessoas procuram imunização por dia e o estoque do medicamento se esgotou há 12 dias.

As clínicas de Suzano contaram que apesar de não aplicarem a vacinação, o número de pessoas que ligam e que vão até as unidades a procura da vacina contra a H1N1 cresceu muito nos últimos dias. Esse é o caso de uma unidade de saúde Clínica Santa Catarina, na Rua Augusta Aparecida de Carvalho Morais, 50, no Jardim Santa Helena. De acordo com o gerente, Rodrigo de Almeida Muniz, a unidade tem recebido até 40 pessoas por dia perguntando sobre a vacinação. "Antes, recebíamos no máximo três pessoas por dia, agora são de 30 a 40 pessoas. Isso mesmo sem aplicarmos vacinas", explicou.

O mesmo contou uma atendente da Clínica Saint Nicholas, que fica na Rua 27 de Outubro, no Centro da cidade. No local, trabalham dez atendentes e cada uma delas atende cerca de 20 ligações por dia para se informar sobre a vacinação da gripe, ou seja, são ao todo 200 ligações. "Na segunda e terça-feira tivemos uma procura muito grande, devido ao assunto ter sido muito falado. Hoje (ontem) já caiu um pouco", explicou Aline Gomes de Oliveira. De acordo com ela, essa alta procura ganhou força nesta semana. "Foi mais essa semana que sentimos essa procura. Antes era só de vez em quando", contou.

Na única unidade que presta o serviço, a Cevam Centro de Vacinação, na Rua Nove de Julho, no Jardim Santa Helena, o último estoque da vacina acabou no dia 27 de março. De acordo com a administradora da unidade, Valéria Fernandes, o próximo estoque deve chegar em 15 dias. Enquanto isso, a unidade enfrenta uma alta procura pela imunização. São aproximadamente 100 pessoas por dia tentando se informar. "O telefone está congestionado. Estamos tentando prestar um serviço de boa qualidade, mas a procura está muito grande. Pedimos para que as pessoas tenham paciência", explicou.

Valéria explicou ainda que o prazo para receber a nova remessa de vacinas se deve a alta demanda atendida por laboratórios e distribuidores. "Essa previsão é para todas as clínicas da região", contou. De acordo com ela, a unidade só atendeu uma demanda semelhante há três anos, devido a epidemia de gripe suína. Valéria ainda não sabe informar o valor que será cobrado para aplicar a vacina, quando a próxima remessa chegar. "O valor da região é de R$ 100 a R$ 150. Ainda não é possível informar". A vacina oferecida este ano é quadrivalente, contra a H1N1, a H3N2 e 2 vírus Influenza B.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias