Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 24 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/11/2020
Reisinger Ferreira
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ERICA ROMÃO
PMMC NOVEMBRO AZUL
PMMC MULTI 2020 NOV

71,6% das vítimas de mortes no trânsito da região são homens

21 JUL 2016 - 08h00

Das 102 mortes no trânsito registradas nas cidades da região, 73 são de homens. O número representa 71,6% do total e são referentes ao primeiro semestre deste ano. Além disso foram computados 19 óbitos de mulheres, ou seja, 18,6%, e de dez pessoas que não tiveram o sexo identificado no Boletim de Ocorrência (B.O.).

Segundo dados do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP), o número de mortes no trânsito aumentou somente 0,99% nos seis primeiros meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2015 foram computados 101 óbitos.

Cinco cidades do Alto Tietê apresentaram aumento no número de casos. O maior crescimento foi de Poá, com 200%. O município computou um óbito no primeiro semestre do ano passado e três no mesmo período deste ano.

O segundo maior aumento foi registrado em Suzano, com 12 óbitos, em 2015, e 19, em 2016. Um crescimento de 58,33%. Além disso, Santa Isabel computou aumento de 40% - com cinco registros no ano passado e sete neste ano-; Biritiba Mirim, crescimento de 50% e Mogi das Cruzes teve aumento de 12,82%. A cidade mogiana registrou 39 mortes, em 2015, e 44, neste ano.

Duas cidades mantiveram os números estáveis: Arujá, com três falecimentos em cada ano, e Salesópolis, com um registro em cada ano.

Entre os municípios que conseguiram diminuir o número de óbitos, Guararema teve o melhor resultado, com nenhum caso computado neste ano. Em 2015, a cidade havia registrado cinco mortes.

Além disso, Ferraz de Vasconcelos teve um cenário positivo, com uma queda de 70% - foram dez mortes no ano passado e três neste ano, Itaquaquecetuba registrou uma queda de 17,39%. São 19 óbitos neste ano e 23, em 2015.

ESTADO

No Estado de São Paulo, houve queda de 8% no número de mortes no trânsito de janeiro a junho deste ano comparado ao ano passado. Foram 233 óbitos a menos nos primeiros seis meses de 2016.

Os acidentes com vítimas também mostraram redução, sempre comparando com o mesmo período do ano anterior. A redução foi de 25% nas ocorrências.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias