Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 23 de setembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2018
MRV AGOSTO - SÁLVIA
PMMC SETEMBRO - ENTRE
PMMC - SETEMBRO FOOD TRUCK SOLIDÁRIO
Paralisação

74% dos funcionários dos Correios aderem à greve

Funcionários são contra mudanças no plano de saúde da empresa

Por Lucas Lima - De Suzano12 MAR 2018 - 22h35
Sindicato da categoria informou que cerca de 70 servidores aderiram a mobilização em SuzanoFoto: Sabrina Silva/Divulgação
Pelo menos 74% dos funcionários dos Correios aderiram à greve nesta segunda-feira (12), em Suzano. Só 26% trabalharam. O Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo (Sintect-SP) informou que cerca de 70 servidores aderiram a mobilização. Os funcionários são contra mudanças no plano de saúde da empresa, que prevêem o pagamento das mensalidades pelos funcionários e a retirada de dependentes dos contratos; alterações no Plano de Cargos, Carreiras e Salários; entre outras reivindicações. 
 
De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a mobilização da categoria, que acontece em âmbito nacional, foi aprovada em assembleias dos sindicatos. Entre outras reclamações, os trabalhadores são contra a terceirização na área de tratamento; a privatização da estatal; a suspensão das férias dos trabalhadores; a extinção do diferencial de mercado e a redução do salário da área administrativa.
 
Além disso, entre as demandas da categoria estão a contratação de novos funcionários por meio de concurso público, a segurança nos Correios e o fim dos planos de demissão.
 
O Sintect-SP foi procurado para detalhar sobre os números exatos de correios que aderiram à greve em Suzano e no Alto Tietê, porém até o fechamento da reportagem não houve resposta. Segundo a assessoria de imprensa do sindicato, o balanço estava sendo realizado em uma reunião na tarde de ontem. Os Correios informou que em Mogi das Cruzes 65% dos trabalhadores estão em atividade.
 
Suzano
Na tarde desta segunda-feira (12) no Centro de Distribuições (CDD) de Suzano, no portão havia uma placa que comunicava: "Por motivo de greve não teremos atendimento ao público". Contudo, clientes que iam buscar produtos, foram pegos de surpresa. 
 
Esse é o caso da operadora de telemarketing Samara da Silva, que mora no Miguel Badra e foi de ônibus até o CDD para buscar uma encomenda para o filho. "Já estou esperando o produto há duas semanas e nada de chegar. Hoje que resolvi buscar fui surpreendida tanto na agência do Centro quanto aqui. Vou ter que tirar um tempo depois para vir mais uma vez", lamentou.
 
Outro que foi prejudicado com a situação foi o estudante de técnico de enfermagem Guilherme Augusto. Ele ia buscar um cartão. "Sorte que é um produto que não preciso urgente, dá para aguardar. O responsável pelo CDD disse que talvez irão atender amanhã (terça-feira)", ressaltou.
 
Em menos de cinco minutos, mais de cinco clientes estiveram no local em busca dos serviços dos Correios. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias