Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Sexta 22 de Setembro de 2017

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2017
mrv
Suzano

90% dos moradores de rua estão no Centro, maioria tem entre 31 e 40 anos

Grupo tem em comum a pobreza, vínculos familiares interrompidos e ausência de trabalho assalariado

Por Pâmela Queiróz - de Suzano16 JUL 2017 - 17h08
Levantamento aponta que das 188 pessoas, 167 são homens e 21 mulheresFoto: Wanderley Costa/Secoi Suzano
Um novo levantamento feito pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano verificou que 90% das pessoas em situação de rua da cidade se concentram na Região Central. Dos 188 moradores das ruas suzanenses registrados pela pasta, 167 são homens. Do total, 67 possuem idades entre 31 e 40 anos. Neste ano, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) já realizou 1.132 atendimentos a esta população. Suzano tem hoje 188 pessoas em situação de rua.
 
Segundo o levantamento apresentado nesta semana ao pelo chefe da pasta, Claudinei Valdemar Galo, este grupo populacional tem em comum a pobreza, vínculos familiares interrompidos e ausência de trabalho assalariado. Ele aponta ainda que no último ano inteiro, o Creas prestou 2.429 atendimentos a esta população, neste ano, de janeiro a maio, foram 1.132, nos cinco meses, o Creas identificou 188 pessoas em situação de rua no município. Em 2016, foram registradas 342 pessoas nesta situação.
 
O novo levantamento revela também que a maior parte das pessoas em situação de rua, 90%, estão na região central da cidade. Palmeiras, Boa Vista e Casa Branca abrigaram 5%, 3% e 2%, respectivamente. Do total de pessoas em situação de rua encontradas neste ano em Suzano, 159 não tem referência familiar, 20 delas são de outras cidades e nove são de Suzano, sendo que 34% destas pessoas têm como bairro de origem o Boa Vista, 33% o Casa Branca, 22% o Centro e 11% Palmeiras. 
 
A pasta também verificou por meio do Creas a faixa etária das pessoas que estão em situação de rua. O balanço revela que 33 pessoas têm idades entre 21 e 30 anos. 67 possuem idades entre 31 e 40 anos. 55 moradores têm entre 41 e 50 anos, 24 possuem entre 51 e 59, e, oito estão com 60 anos. Uma pessoa não informou a idade e a Assistência não identificou ninguém com idade de zero a 20 anos nas ruas. 
 
O levantamento aponta também que das 188 pessoas que moravam nas ruas de Suzano, de janeiro a maio deste ano, 167 são homens e 21 mulheres. No último ano, 309 eram homens e 33 mulheres. Ainda em 2016, foram feitas 880 abordagens as pessoas que dormiam nas ruas.
 
De janeiro a maio deste ano foram 449, sendo que em janeiro foram abordadas 61 pessoas com algum tipo de dependência química. Em fevereiro o número caiu para 22, mas em março ele voltou a ter alta com 59 abordagens. Abril, mês que teve mais registros, abordou 86 pessoas e maio 74. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias