Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ

‘A experiência faz diferença’, diz Carminha ao falar de planejamento

24 AGO 2016 - 08h01

Conhecida por chefiar as secretarias de Obras e Infraestrutura, Assuntos Urbanos e Serviços e Manutenções, a candidata Carmem Lúcia Lorente (PSDB), a Carminha, que disputa a Prefeitura pela segunda vez, contou ao DS as pretensões para o município. Para ela, questões como mobilidade urbana, saúde, e planejamento em políticas públicas são essenciais na gestão pública.

Moradora de Suzano há 53 anos, Carminha se formou em Arquitetura e Urbanismo, fez pós-graduação em gestão pública e já possui 33 anos de funcionalismo público.

Carminha conta que resolveu se candidatar novamente por não ter conseguido o cargo na última eleição, em 2012. "Tive quase 10 mil votos e eu queria ter ganho, então eu disse: vamos tentar de novo. A vida é assim, você não pode desistir. Não é na primeira derrota que você vai abrir mão", comentou. Ao seu lado, Carminha está com o candidato a vice do PMDB, Almiro de Jesus.

Carminha contou que os muitos anos como funcionária pública fez perceber que só pode tomar as decisões importantes para a cidade quem está com a caneta na mão. Por isso, para poder aplicar suas ideias em Suzano, a arquiteta resolveu se candidatar. "Como arquiteta e como secretária, você acaba não conseguindo resolver as questões", comentou.

Para ela, um dos problemas da cidade é o crescimento populacional.

"A maior deficiência foi a cidade crescer muito, inchou em número de densidade demográfica, e as políticas públicas não acompanharam isso. O que são as políticas públicas: Infraestrutura básica, esgotamento, iluminação, rede de drenagem. Quanto mais se impermeabiliza a cidade, mais temos problemas com o escoamento das águas. Há outros problemas como falta de creches, as áreas de saúde. Há muita gente e pouco serviço", comentou.

A candidata afirma que o desenvolvimento econômico da cidade não tem crescido junto ao número de moradores, para que se possa investir no município. Para resolver isso, Carminha aposta no incentivo à criação de empregos. "A população reclama muito da falta de emprego. Têm as reclamações básicas: saúde, educação, não tem creche, não tem pavimentação. Agora o que tem tido muito é: eu não consigo trabalhar", comentou.

O investimento nos agricultores da cidade é uma das propostas de Carminha. "As empresas estão demitindo e fechando. Suzano virou cidade dormitório, mais de 70% da população vai procurar emprego em outro município. Para resolver esse problema, é necessário incentivar o desenvolvimento econômico. Temos que incentivar, com apoio técnico, os agricultores. Melhorar as estradas e a segurança para facilitar o escoamento da mercadoria", comentou a candidata, que também acredita que é necessário incentivar o esporte e o turismo de Suzano.

Por ser formada em arquitetura, Carminha também foca em mobilidade urbana. "Por que as empresas foram embora e outras não querem vir? Nenhuma empresa quer ficar em uma cidade onde ela tem dificuldade para trazer o produto para manufaturar e depois para levar para a venda. Então enquanto não tivermos as nossas vias e perimetrais implantadas e em boas condições, não atrairemos as empresas" opinou. De acordo com ela, seu o plano de mobilidade está feito há 25 anos e já previa a alça de acesso ao Rodoanel Mário Covas (SP-21), na Estrada dos Fernandes, e outras mudanças na malha viária de Suzano.

Carminha afirmou que os questionamentos que recebeu sobre o Minha Casa, Minha Vida, não afetam na campanha e que sua experiência na gestão da Prefeitura é um diferencial. "A experiência faz diferença sim, os novos têm que ter oportunidade, claro que sim, mas em cargo público de prefeito não dá para fazer disso um laboratório. Estão tentando fazer com que esse caso (Minha Casa, Minha Vida) me atrapalhe. O processo está todo dentro da legalidade. Se não tivesse, eu não poderia sair candidata. Essa acusação foi justamente para manchar minha imagem", comentou.

A saúde e a educação também são pontos prioritários no Plano de Governo da candidata. De acordo com ela, a administração vai focar em acabar com as reclamações da falta de médicos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), além de criar alas nas unidades voltadas apenas as mulheres. "Na saúde, o eixo forte que vamos pegar é o lado mulher. Geograficamente, as unidades de saúde estão bem distribuídas. O que temos que fazer é cuidar da manutenção e tem que ter médicos", comentou.

Na educação, Carminha visa investir na criação de novas creches e escolas estaduais. "Já temos os locais definidos e já tenho uma ligação com a Secretaria Estadual de Educação. Queremos investir muito na criança, na área de educação", contou.

Com a campanha curta, Carminha contou que irá trabalhar o olho no olho com os eleitores e a visita nos bairros. Para ela, sua experiência na administração pública é um diferencial para convencer os eleitores de suas propostas. Fora da política, a candidata contou que tem se esforçado para estar perto da família. "O que eu mais gosto é poder estar com a família, almoçar junto, jantar junto ou se reunir no final de semana, e é raro isso", comentou. Como mensagem aos eleitores, Carminha afirmou: "Eu gostaria muito que os eleitores refletissem e elegessem com o voto muito consciente. Pensando o que ele quer para os próximos quatro anos".

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias