Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 24 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo

Alto Tietê melhora notas do Ideb com seis cidades superando metas em 2019

Resultados da educação foram divulgados ontem pelo Inep, entidade que pertence ao Ministério da Educação

Por da Suzano16 SET 2020 - 05h00
Escolas Municipal de Suzano conseguiu nota 6,3Foto: Wanderlei Costa/SecopSuzano
Pelo menos seis cidades do Alto Tietê superaram a meta 2019 do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para os anos iniciais - 1º ao 5º ano, que tem a demanda de alunos atendida principalmente pelas redes municipais.
 
Os resultados divulgados nesta terça-feira (15/09) pelo Ministério da Educação mostram, ainda, que a maior parte das cidades evoluiu ou manteve o mesmo patamar do Ideb 2017.
 
Arujá, Guararema, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e Suzano são as cidades que superaram, na rede municipal, a meta do Ideb 2019 nos anos iniciais. 
 
A nota de Suzano foi 6,3, a mesma de 2017.
 
Entre os três municípios que não atingiram a projeção, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos e Salesópolis ficaram um décimo abaixo da meta, enquanto Itaquaquecetuba ficou dois décimos.
 
As redes municipais que registram os melhores desempenhos no Ideb 2019 nos anos iniciais são Guararema (7,2), Arujá (7) e Mogi das Cruzes (6,9), enquanto Itaquaquecetuba e Biritiba Mirim tiveram as notas mais baixas – 5,6 e 5,9 respectivamente.
 
Na região, algumas cidades compartilham a responsabilidade dos anos iniciais do Ensino Fundamental com a rede estadual e quando analisado o desempenho geral da rede pública (municipal + estadual) nos anos iniciais, o resultado do Ideb 2019 apresenta diferenças.
 
Neste ranking, as cidades de Arujá, Guararema, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Poá e Santa Isabel superaram a meta, enquanto Ferraz de Vasconcelos atingiu exatamente a projeção. 
 
Já as cidades de Biritiba Mirim, Itaquaquecetuba, Salesópolis e Suzano ficaram abaixo do desempenho previsto.
 
“Os resultados do IDEB precisam ser analisados de forma criteriosa e, principalmente, priorizando os números da rede municipal, que estão sob a responsabilidade das prefeituras”, avalia o coordenador da Câmara Técnica de Educação do Condemat, Leandro Bassini. “Muitas prefeituras, inclusive, já atingiram a meta estipulada para 2021”, acrescenta.
 
Na comparação com os resultados da rede municipal no IDEB 2017 dos anos iniciais, cinco cidades do Condemat tiveram evolução no desempenho: Arujá (2,97%), Guararema (9,09%), Mogi das Cruzes (1,47%) e Santa Isabel (1,51%). 
Já Ferraz de Vasconcelos e Suzano mantiveram os resultados, enquanto Biritiba Mirim (-3,57%), Itaquaquecetuba (-1,75%), Poá (-1,49%) e Salesópolis (1,53%) regrediram.
 
Outro nível
 
Das cidades do Condemat, apenas Ferraz de Vasconcelos, Mogi das Cruzes, Poá e Santa Branca possuem rede municipal no Ensino Fundamental – Anos Finais (6º ao 9º ano). E nenhuma delas atingiu a meta do Ideb 2019.
 
Em Ferraz, a meta era 5 e o resultado final da rede municipal foi 4,9. 
 
Em Mogi das Cruzes, a nota obtida foi 6 para uma projeção de 6,4. Poá tinha 6,3 de meta, mas registrou 6. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias