Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO

Alunos e professores protestam por melhorias na rede estadual de ensino

21 ABR 2016 - 08h01

Os professores e estudantes da rede estadual de ensino realizaram uma manifestação, na manhã de ontem. O objetivo principal foi reivindicar melhorias nas escolas. Cerca de 200 pessoas participaram do ato. Elas percorreram as principais vias da cidade, sendo que o ato terminou em frente à Diretoria de Ensino de Suzano.

De acordo com a coordenadora do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Ana Lucia Ferreira, alguns assuntos foram abordados, entre eles, a falta de merenda e o transporte gratuito aos estudantes. "Está sendo servida uma merenda de má qualidade aos estudantes nas escolas. E agora disseram que vão cortar o transporte gratuito que leva os alunos de casa para a escola", explicou. Ainda de acordo com ela, a dirigente regional de Ensino de Suzano, Vera Lúcia Miranda recebeu os representantes, legais de cada escola para uma reunião e se prontificou a verificar junto com eles outros problemas enfrentados pelas unidades escolares.

Por meio de nota, a Prefeitura de Suzano informou que houve uma normalização no abastecimento de merenda escolar das 131 unidades de ensino municipal e estadual da cidade. E que todo o processo de compra dos produtos hortifrutigranjeiros e estocáveis foi retomado. A meta é diversificar ainda mais a lista de alimentos e servir itens ricos nutricionalmente melhorando assim à alimentação dos estudantes.

Sobre o cancelamento no transporte gratuito oferecido, a assessoria de imprensa da Secretaria do Estado da Educação afirma que a informação não é verdadeira. Eles explicam que todo ano é feita uma fiscalização, para verificar se algum aluno mudou de endereço e não necessita mais do serviço. Segundo eles, o transporte continuará sendo oferecido normalmente. Mas uma re-avaliação será realizada para apurar se o aluno ainda precisa do transporte. “Essa medida é tomada para seja feito um controle e todos sejam atendidos. Se algum aluno se mudou para próximo da escola, outra criança que more mais longe terá direito a vaga e será beneficiada”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias