Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 28 de novembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/11/2021
PMMC ISS
SOUSA ARAUJO - SIENA
PMMC PARQUE
PMMC ECONOMIA DE ÁGUA
CREA-SP TRANSFORMAÇÃO

Apaixonado por impressos, jornalista coleciona jornais do País

Coleção reúne 70 edições especiais de 66 jornais de 17 estados

Por Thiago Caetano - de Suzano24 OUT 2021 - 09h00
Jornalista João Renato Amorim, de 27 anos, coleciona edições de aniversários de jornaisFoto: Divulgação
O jornalista João Renato Amorim, de 27 anos, coleciona edições de aniversários de diversos jornais brasileiros. Morador de Arujá, possui uma coleção com 70 edições especiais de 66 jornais de 17 estados.
 
O interesse pelo jornalismo começou cedo, quando seu pai trabalhava em uma empresa de Guarulhos, sua cidade natal. Todos os dias, seu pai trazia uma edição do jornal Estado de São Paulo, o Estadão. Ele também colecionava edições da revista Placar, guardadas até hoje. Com o tempo, o que era apenas diversão, se transformou numa paixão. 
 
A ideia de colecionar edições surgiu após passar em frente de uma banca de jornal, em Mogi das Cruzes. Lá, viu uma edição especial do Estadão sobre Ruy Mesquita, diretor do jornal que havia falecido um dia antes. “Estava em uma loja, mas demorei para ser atendido. Neste período comprei a edição e comecei a folhear. Fiquei interessado, pois além de contar a vida dele, também falava da história do jornal”, explicou.
 
Depois de alguns meses, foram publicadas edições especiais do Diário de São Paulo e do próprio Estadão. Ele não perdeu tempo e garantiu seus exemplares. A partir de então, iniciou sua coleção. A busca não se limitou apenas a São Paulo. Pelas redes sociais ou por e-mail, o jornalista entrava em contato com os veículos, explicava o propósito, e as respostas sempre eram positivas.
 
Um deles foi o jornal Alto Madeira, de Rondônia, Região Norte do Brasil. Em uma pesquisa pela internet ele soube que o jornal estava lançando um caderno especial de 100 anos. O problema é que soube disso dois meses depois. “Pensei que não conseguiria. Entrei em contato com eles e para minha surpresa ainda havia edições. Eles me enviaram dois exemplares deste especial”, relatou.
 
O jornal encerrou as atividades meses depois. Veio a ideia de escrever um texto como forma de agradecimento, sem pretensão nenhuma. Ele pediu a última edição e teve uma surpresa. Outro fato destacado por Amorim foi a edição de aniversário de 100 anos da Folha de São Paulo. A Folha abriu espaço para que os leitores escrevessem um texto falando sobre sua relação com o jornal. Um trecho, contendo uma opinião sobre o veículo, foi publicado. Os jornais da região não ficam de fora. O DS também ganhou um espaço na coleção. O jornalista guarda exemplares das eleições presidenciais de 2018, as municipais de 2016 e 2020 e do aniversário de 60 anos de Suzano. “É interessante guardar edições aqui da região, seja qual for a cidade. Isso é uma forma de preservar a histórias destes jornais e exaltar os profissionais que participaram da construção deles”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias