Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Apeoesp adia decisão e greve dos professores pode começar no dia 24

30 ABR 2016 - 08h00

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) decidiu ontem prorrogar a decisão de greve dos professores estaduais. Eles se reuniram no vão livre do Masp, na Capital. Os educadores aprovaram o calendário de mobilização até 24 de maio, data em que a paralisação pode ser decretada. Na ocasião, haverá uma assembleia na Praça da República, em São Paulo.

No dia 23 de maio, o sindicato se reunirá com representantes da Secretaria de Educação do Estado. Na ocasião, a pasta apresentará propostas aos professores, que vão analisar o material. Antecedendo ao encontro, no dia 17 de maio terá uma audiência pública, na qual, o sindicato discutirá sobre o reajuste salarial, merendas escolares, entre outros.

De acordo com a coordenadora da Apeoesp de Suzano, Ana Lúcia Ferreira, a decisão de ontem dá mais uma chance ao governo estadual. "A governança não está nos respeitando mais, tanto o sindicato e toda a categoria. Eles disseram que estão analisando e vamos aguardar só mais esta vez. Esperamos que com essa nova chance dada, eles possam entregar uma boa proposta. Vamos lutar para ganhar esta causa", argumenta.

Vale lembrar que a Apeoesp promoveu um debate, no dia 10 do mês passado, sobre a qualidade das escolas públicas do Estado. Na ocasião o objetivo era conscientizar a população de todos os problemas e dificuldades que as unidades estão sofrendo desde o ano passado. Entre os assuntos discutidos foram às merendas escolares, superlotação em salas, violência e valorização dos profissionais da educação.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias