Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 12 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/12/2019
Evatânia Psicopedagoga

Após CP se reunir na terça-feira, Lisandro terá até 90 dias para defesa

Parlamentar do PSD é investigado por supostamente ter praticado 'rachadinha' no gabinete

Por Fernando Barreto - de Suzano23 NOV 2019 - 15h56
Comissão leu na terça-feira processo pela primeira vez; não foi tomada nenhuma medidaFoto: Sabrina Silva/DS
A comissão processante (CP) que investiga “rachadinha” no gabinete do vereador Lisandro Frederico (PSD), vai se reunir na próxima terça-feira (26), e após isso o vereador terá até 90 dias para formular sua defesa.
 
Conforme explicou o vereador e presidente da comissão, Leandro Alves de Faria, o Leandrinho (PL), ocorreu uma reunião na última terça-feira (19), onde a comissão leu pela primeira vez o processo, mas não tomou nenhuma medida sobre a situação.
 
“Na reunião que nós (a CP) faremos na terça (26), vamos estudar o caso e determinar as medidas necessárias sobre a situação”, explicou.
 
Entretanto, Lisandro ainda terá tempo de resposta, conforme determina a lei. Sendo assim, o vereador do PSD tem até 90 dias para estudar o processo, e formalar sua defesa. Como informado na edição de ontem do DS, o advogado de Lisandro, Marco Tanoeiro, protocolou duas ações: um mandado de segurança na Justiça e uma “Notícia Crime de Falsidade Ideológica”, a fim de barrar a CP.
 
Sobre as denúncias feitas por Lisandro nas redes sociais, alegando ilegalidades com a CP formada, o vereador Leandrinho disse que prefere não comentar, pois “sabe que a Câmara vai recorrer sobre esses assuntos”. “Tenho certeza que tudo foi seguido corretamente”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias