Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Após reforma, Casarão da Memória é entregue com acervo do DS

Obra começou no fim de 2018 e custou mais de R$ 210 mil; Casarão receberá registros históricos da população

Por Daniel Marques - de Suzano02 JUL 2020 - 21h45
Casarão da Memória foi entregue ontem pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi. Guarda a história de SuzanoFoto: Regiane Bento/Divulgação
Foi entregue, na noite de ontem, o Casarão da Memória Antônio Marques Figueira, em Suzano. Ele fica na Rua Campos Salles. Tem um acervo histórico e contará com visitas assim que acabar a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O espaço conta com espaços destinados à história de Suzano, como a Sala de Imprensa, que conta com o acervo do DS, o Auditório Cine Saci, a Sala Memória Viva, a Sala Imigrantes, entre outras.
 
Ele contará com acervos e receberá doações de esculturas, quadros, registros fotográficos, livros e outros documentos de moradores da cidade.
 
A obra começou no fim de 2018 e tinha um prazo até junho de 2019 para conclusão. Com investimento de cerca de R$ 210 mil, o casarão passou por várias mudanças de prazo, mudando para o primeiro trimestre de 2020, depois para a primeira quinzena de abril até ser entregue ontem. 
 
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), realizou vistoria para entregar a obra ontem. Ele destacou a importância do novo casarão para a população suzanense e frisou que será um “ponto de concentração e preservação da história”, sem que dispense novas tecnologias. 
 
“Aqui, se conserva a arquitetura antiga, mas vai ter muita coisa moderna, como novos projetores contando a história de Suzano, biblioteca, entre outros equipamentos. Mas, mais do que isso, teremos memória das pessoas que fizeram parte da história de Suzano. Tenho certeza que onde Marques Figueira estiver, está muito feliz. Tenho orgulho imenso”, disse o prefeito. “Aqui passarão crianças que serão médicos, engenheiros, vereadores e prefeitos que terão mais chama de amor no coração”, emendou.
 
Durante a cerimônia de entrega, familiares de Antônio Marques Figueira e pessoas ligadas ao Casarão se emocionaram em seus discursos.
 
Entre eles, Jamil Marques Figueira, bisneto de Antônio, que destacou a importância de o município se conectar com a cultura. 
 
“É bom saber que na cidade, tem gente que gosta de cultura. Muito emocionante estarmos recuperando este Casarão. Quando é feito com coração, a coisa dá certo. Agradeço muito”, disse.
 
Também participaram da cerimônia a primeira-dama Larissa Ashiuchi; o presidente da Câmara, Joaquim Rosa; o chefe de gabinete, Afrânio Evaristo da Silva; além de outras autoridades e políticos da cidade.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias