Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 17 de janeiro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 17/01/2021
GOLDSTAR
CENTRO MÉDICO CLUBE DS  - OFTALMOLOGIA
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
MRV

Ashiuchi promete congelar tarifa de ônibus e descarta ‘aumento real’ do IPTU

Prefeito também quer implantar sistema de descontos “em 2021 ou 2022”

Por Daniel Marques - de Suzano30 DEZ 2020 - 05h00
Suzano descarta aumento da tarifa para o próximo anoFoto: Regiane Bento/DS
O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL) disse que não vai aumentar a tarifa de ônibus municipais e que o valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) não sofrerá “aumento real”, apenas a correção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) prevista em lei. A declaração foi dada durante o DS Entrevista.
 
Segundo Ashiuchi, o momento é para “estender a mão” para a população, que vem sofrendo com a crise financeira provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 
 
O prefeito afirmou que, neste período, é normal que as empresas de ônibus apresentem reajuste de tarifa. 
 
Porém, mesmo se houver aumento nos valores em outras cidades, segundo Ashiuchi, a população de Suzano não vai pagar mais caro.
 
“A princípio, não vai aumentar a tarifa na cidade. Não é o momento. Já está difícil. Aumentando a tarifa, vai ficar mais difícil ainda. Não tem aumento de tarifa de ônibus e nem de IPTU, somente aquela correção obrigatória por lei. O aumento real não vai ter na cidade”, cravou o prefeito.
 
Inclusive, segundo o prefeito, a Radial Transporte, que é quem administra os ônibus municipais em Suzano, já está ciente da decisão. 
 
“A empresa já sabe que vamos manter a mesma tarifa, independentemente do aumento em outras cidades. O munícipe não pode ser penalizado. Temos que estender a mão, principalmente nessa época de Covid-19”, completou o prefeito.
 
Redução do IPTU
 
Além de manter os valores, o chefe do Executivo suzanense disse que pretende implantar um sistema de descontos no IPTU para a população “em 2021 ou 2022”.
 
“Estamos estudando um programa viável de colaboração de todas as casas, para que pessoas que cuidam de suas calçadas e limpam, tenham um desconto maior no imposto. Se todo mundo ajudar, haverá menos gastos na cidade e, desta forma, há a possibilidade de reduzirmos, cada vez mais, os impostos municipais - caso do IPTU”, finalizou Ashiuchi. A tarifa já havia sido reajustada em 2019 na cidade. O valor passou de R$ 4,10 para R$ 4,40. 
 
O valor de R$ 4,40 cobrado atualmente passou a vigorar em 20 de janeiro de 2019.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias