Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quinta 16 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/09/2021
SEC DE GOVERNO - CAMPANHA: CORONAVIRUS - VALE GÁS - FASE II
ManArc
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
CREA-SP
Visita técnica

Assistência Social planeja implantar Centro de Escuta Especializada

Membros da secretaria foram até Jacareí conhecer o serviço, que ampara crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica, sexual e psicológica

Por de Suzano28 JUL 2021 - 16h04
Assistência Social planeja implantar Centro de Escuta EspecializadaFoto: Secop/Divulgação

Integrantes da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano realizaram uma visita técnica ao Centro de Escuta Especializada de Jacareí, no Vale do Paraíba, para tratar sobre métodos e modelos existentes para implementação deste serviço, que tem como objetivo amparar crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica, sexual e psicológica.

O encontro ocorreu no último dia 22 (quinta-feira). O chefe da pasta, Geraldo Garippo, e a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) suzanense, Adriana Lopes, conheceram um espaço adaptado, que atende casos de escuta protegida de forma exclusiva. O projeto garante mais eficácia no acompanhamento de jovens, principalmente para que possam receber o tratamento psicológico adequado.

O secretário destacou a importância da iniciativa e afirmou que o objetivo é implantar algo semelhante em Suzano. “Temas como esses merecem uma atenção especial de nossa parte, pois engloba a humanização do serviço, algo que a cidade vem se empenhado cada vez mais em fazer. Isso se faz essencial para os cidadãos que precisam de condições especiais de cuidado e acompanhamento”, disse.

A implementação do serviço de forma especializada em Suzano é vista com muito otimismo por Garippo. Ele lembrou que este tema não é exclusivo da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, mas que compreende uma atuação integrada em prol dos amparados, que hoje são atendidos de forma descentralizada em centros remetentes à pasta, como o Conselho Tutelar e o Creas, e em unidades de saúde.

“Prover um modelo especial, exclusivamente centrado nos jovens que, infelizmente, sofrem violência doméstica, sexual e psicológica será muito importante para dar melhor suporte e apoio. Integrar os setores envolvidos é um caminho essencial em qualquer aspecto, especialmente em projetos deste tipo, que assistirão muitas vidas”, pontuou.

Escuta especial

A lei federal nº 13.431/17 estabelece o sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência, e prevê escuta especial e atendimento prioritário em caso de abuso sexual. A iniciativa foi promulgada em 4 de abril de 2017, e entrou em vigor no ano seguinte.

O conceito também garante que os jovens sejam escutados por vários órgãos, comunicando sua versão dos fatos para que sejam registrados sem manipulações ou distorções. Isso, por sua vez, previne a revitimização, processo que ocorre quando um caso é tratado com omissão de agentes públicos, prejudicando o atendimento à vítima ou testemunha de violência.

Creas

O Creas é uma unidade de referência para atendimento de indivíduos e famílias que se encontram em situação de risco pessoal ou social, por violação de direitos ou contingência, como negligência, violência ou exploração, que demandam intervenções especializadas. A sede está localizada na rua General Francisco Glicério, 1.410, no centro. É possível entrar em contato por meio do telefone (11) 4743-2588 e do e-mail smads@suzano.sp.gov.br.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias