Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 13 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/07/2020
PMMC VACINAÇÃO
PMMC REALIZAÇOES JULHO

Associação Comercial é contra critério de quarentena e apresenta propostas

Representantes da ACE se reuniram ontem com o prefeito de Suzano para discutir situação

Por de Suzano28 MAI 2020 - 22h40
ACE quer a flexibilização. Comércio continua fechado por conta das restriçõesFoto: Arquivo/DS
A Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Suzano, representada pelo seu presidente, Fernando Fernandes, se reuniu ontem de manhã com o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), e com o diretor jurídico, José Serafim da Silva Júnior.
 
O objetivo foi esclarecer e alinhar os pontos relativos à proposta de reabertura do governo estadual.
 
A ACE Suzano levou sua posição de não concordância em relação à classificação de risco atribuída pelo Governo do Estado e cobra para que no mínimo, Suzano possa acompanhar a classificação da Capital, possibilitando assim a reabertura de alguns seguimentos seguindo as recomendações e restrições necessárias.
 
O prefeito, que já havia se posicionado contrário a classificação de risco da cidade de Suzano no plano do Governo Estadual, informou que vai solicitar a equiparação da classificação e a flexibilização da abertura dos comércios a partir do dia 1º de junho de 2020. 
 
Reunião
 
Informou também que haverá uma reunião com os prefeitos que compõem o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), para avaliar uma ação conjunta de viabilização da flexibilização para o dia 1º de junho.
 
A ACE Suzano também expôs algumas possibilidades e planos para essa reabertura, caso o cenário atual não se altere. Na proposta há uma relação de segmentos e horários diferenciados de funcionamento para reduzir o impacto do trânsito das pessoas nas ruas e aglomeração no transporte público. 
 
O departamento jurídico da Prefeitura ressaltou que é necessário também cautela na flexibilização, caso não haja alinhamento referente à classificação do Governo do Estado, pois, existe recomendações do Ministério Público sobre a regulação e flexibilização de atividades.
 
“Aguardamos atentos aos desfechos dos eventos do dia de hoje (ontem) e ressaltamos que estamos à inteira disposição dos comerciantes e empresários da cidade para quaisquer esclarecimentos ou auxílio”, informou a ACE.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias