Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 23 de setembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/09/2019
PMMC ENTREGAS
Centerplex 19 a 25/09
Solidariedade

Ato 'Suzano pela Paz' reune grande público no Max Feffer um mês após a tragédia no Raul Brasil

Objetivo do evento foi promover a solidarização coletiva para com as vítimas do massacre

Por Aline Moreira - da Reportagem Local13 ABR 2019 - 16h25
Estimativa de público é de 15 mil pessoasFoto: Sabrina Silva/DS

Há exatos um mês da tragédia na Escola Estadual (E.E) Profº Raul Brasil - que deixou 10 mortos, sendo cinco estudantes, duas funcionárias da escola, o tio de um dos atiradores e os próprios autores do massacre -, a Prefeitura de Suzano realizou o evento “Suzano pela Paz”, que acontece durante todo o sábado (13) no Parque Max Feffer. A estimativa de público é de 15 mil pessoas.

O evento tem como objetivo promover a solidarização coletiva para com as vítimas da tragédia e promover um pedido de paz no município."Não estamos fazendo um show por aqui, não estamos nos promovendo, estamos fazendo um ato pela paz. Trouxemos artistas que se encaixam no perfil da programação e que de forma voluntária aceitaram colaborar com a gente. Isso está longe de ser uma festa, esse ato é para reflexão", conta o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) sobre as críticas negativas que recebeu sobre o evento.

Durante todo o dia, diversas apresentações e atividades educacionais estão sendo realizadas. Destaque para as apresentações da Família Lima, Ana Vilela, Padre Antônio Maria e Paulo César Baruk. Além das apresentações, está disponibilizado para o público um espaço kids, com brinquedos e pintura facial; um espaço para pais e filhos, com atividades em conjunto; feira gastronômica; exposições; feiras de artesanatos e uma praça de serviços sociais, que contou com a presença das secretarias municipais, empresas apoiadoras do evento, psicólogos, e funcionários do Hospital Santa Maria.

HOMENAGEM

Como forma de homenagem as vítimas fatais da tragédia, um jardim foi montado pela equipe do Viveiro Municipal Tomoe Uemura. Intitulado “Jardim da Paz”, o espaço conta com oito espécies de árvores e um canteiro, que foi utilizado para a plantação de flores no formado da palavra “paz”.

MÃES SUZANENSES

O projeto social, que nasceu dias após a tragédia no Raul Brasil e tem como objetivo restaurar a relação entre pais e filhos, também marcou presença no evento. Dentro das dependências da Arena Suzano, uma equipe está responsável pela oficina de desenhos com as crianças. “A principal atividade por aqui é fazer com que os pais interagem com seus filhos através das brincadeiras e desenhos. Aqui eles serão presentes”, conta a fundadora do projeto, Silva Lopes do Nascimento.

PRÓXIMOS PASSOS

Além da implantação dos alarmes nas escolas e da inauguração do centro de monitoramento por câmeras, a Prefeitura está em conversas com o Estado para trazer 40 profissionais (psicólogos, médicos) para realizar o atendimento de apoio na cidade. "Além dos 40, pedimos também seis psicólogos para atuarem diretamente nesse caso. Três ficarão fixos no Raul Brasil e os outros três estarão a disposição na secretaria de ensino para atender as escolas da cidade", enfatiza Ashiuchi.

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias