Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 23 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/10/2020
ÚNICCO POÁ
Reisinger Ferreira
PMMC MULTI 2020
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo Outubro

Atrasos na entrega de correspondências prejudicam moradores em Palmeiras

11 MAI 2016 - 08h00

Os moradores do bairro Recreio Rio Bonito, no Distrito de Palmeiras, têm sofrido dificuldades com o serviço de entrega de correspondência realizado pelo Correios, que está sendo feito com atrasos de até 15 dias, há quatro meses. Alguns moradores contam que devido a isso, as contas para pagar chegam vencidas, causando transtorno e o pagamento atrasado.

Esse é o caso do aposentado Dorival Siqueira, de 65 anos, que mora na Rua Rio Bonito. De acordo com ele, o atraso já vem acontecendo há quatro meses. "Eu dependo só do Correios. Estou há 40 quilômetros de São Paulo e 17 quilômetros de Suzano. Aqui não temos banco. Eu tenho que me deslocar de um lado ou para o outro para resolver as pendências, porque aqui também não funciona a internet", contou Dorival.

Para não pagar multa e tarifas a mais em suas contas, o aposentado tem procurado as financeiras por meio do telefone para quitar as dívidas. "Mesmo assim é um prejuízo com o tempo gasto e o combustível para sair daqui em cima da hora pagar minhas contas. Eu não moro no meio da Amazônia para não ter meus serviços prestados. Eu pago IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) todo ano e é caro".

O mesmo contou a estudante Bruna Ferreira dos Santos, de 21 anos, que é vizinha de Siqueira. "O carteiro veio ontem (anteontem) e trouxe as correspondências que já estavam todas atrasadas. Veio conta de luz, água, telefone e internet", explicou. Bruna diz que ela e sua mãe terão que pagar as contas atrasadas com possibilidade de pagar acréscimos pelo atraso. "Aqui foi a primeira vez que aconteceu, mas não sei porque", explicou.

A estudante comentou ainda que já teve problemas com o Correios por confusão com endereços. "O único problema que tive antes foi de o carteiro entregar minha correspondência para o vizinho e a do vizinho para mim. Mas a gente devolveu".

O Correios informou que o caso está sendo apurado pela área técnica responsável e que assim identificarem o problema um parecer será encaminhado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias