Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 01 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 01/10/2020
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Base da Polícia Rodoviária na SP-31 permanece fechada durante o dia

20 NOV 2015 - 07h01

O motorista que passa pela base operacional da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), localizada na Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31), em Suzano, costuma encontrá-la fechada e sem policiais. A reportagem do DS esteve no local na tarde de ontem, por volta das 15 horas, e constatou o fato, que já aconteceu em outros períodos. A PMRv afirmou que o local não está fechado, e o que ocorre é que o efetivo policial trabalha no sistema de base-volante, ou seja, não é destinado apenas para atendimento no local, mas também aos chamados realizados pelo número 190 (Emergência da PM).

Sobre o horário de funcionamento do local, a polícia informou que não é possível dar precisão, pois, diariamente, os policiais recebem um Cartão Prioridade de Patrulhamento (CPP), com os locais onde há mais ocorrências tanto de acidentes quanto criminal. Sendo assim, a equipe acaba se deslocando em horas diferentes, dependendo do dia, e a base acaba não contando com a presença da polícia durante as 24 horas do dia. "O policiamento somente na base resulta num policiamento fixo e incapaz de fazer frente às demandas ao longo do trecho de rodovia", explicava nota enviada pela PMRv.

A PMRv defende que a presença dos policiais rodoviários nas estradas, por meio de operações de fiscalização e visibilidade, tem como objetivo a preservação da ordem pública, a manutenção da segurança viária, a fluidez do trânsito e a repressão imediata de crimes.

A base de Suzano, na Rodovia Índio-Tibiriçá, está sob a administração da 4ª Companhia de Policiamento Rodoviário, que ressaltou que continuará a dar atenção para o trecho, uma vez que a rodovia é de extrema importância para a locomoção da população de seis municípios: Suzano, Ribeirão Pires, São Bernardo do Campo, Santo André, Mauá e Rio Grande da Serra.

O DS questionou a quantidade de viaturas e policiais rodoviários disponíveis para o patrulhamento da área, porém a PMRv disse que, por medida de segurança, estes dados não podem ser divulgados.

O fechamento da base já foi noticiado pelo DS em junho deste ano. Na ocasião, a unidade também ficava sem policiais em diversos horários. O assunto também foi alvo de reclamação por parte dos vereadores da cidade. Durante sessão da Câmara, realizada na última quarta-feira, os parlamentares da Casa de Lei chegaram a aprovar uma moção de apelo ao deputado estadual Estevam Galvão (DEM), pedindo intervenção junto ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) para que sejam tomadas medidas em relação aos serviços do local, com o objetivo de que o mesmo permaneça aberto durante 24 horas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias