Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE

Câmara analisa mais duas emendas para reduzir número de vereadores

12 JUL 2016 - 08h00

A Comissão de Redação e Justiça analisa mais duas emendas protocoladas ao novo projeto de lei que prevê a redução de 21 para 19 cadeiras para o exercício de 2017. A primeira emenda pede a exclusão de apenas uma cadeira do Legislativo. E a segunda emenda pede a redução para 17 vereadores, número que já foi vetado pela Casa de Leis.

O debate sobre a decisão de redução prolonga há quatro semanas. O atual temor dos parlamentares é de que a definição conclusiva fique para a Justiça Eleitoral. Isto porque eles acreditam que, caso isso aconteça, a exclusão de cadeiras pode ser maior do que a prevista por eles.

A sessão da última quarta-feira mostrou que o tema tem causado uma separação no Legislativo, uma vez que as discussões entre os contrários e favoráveis a redução têm sido acalorada. A bancada de cinco partidos - DEM,PSDB,PT,PTB e PSD - iniciou uma reunião de portas fechadas. Na ocasião, os respectivos representantes de outras legendas participaram do debate após um período de 20 minutos.

Também na última sessão, o autor da nova proposta de redução, o vereador André Marcos de Abreu (DEM), o Pacola, havia adiantado à reportagem que um termo foi assinado delimitando um prazo para a apresentação das emendas.

EMENDAS

Segundo o presidente da Casa de Leis, Denis Claudio da Silva (DEM), o Filho do Pedrinho do Mercado, as emendas seguem sob analise, já que poderão entrar na pauta de amanhã. “Não está certo que entre na votação, porque a comissão que vai analisar corretamente”.

O democrata comentou ainda sobre a segunda emenda protocolada. “A possibilidade de que esta emenda seja ‘barrada’ é grande. Isto porque foge das normas da Casa de Leis, que preveem que não entre, pois já foi votada e vetada”, explicou.

Denis destacou que há um consenso dos legisladores de que seja aprovada ou o projeto de redução de 21 para 19, bem como a emenda de excluir apenas uma cadeira. “Já tem uma conversa para aprovação ou de uma ou de outra, mas que é certeza que será num consenso de todos”.

Já Pacola ressaltou que as conversas mencionadas por Denis rumam para a aprovação do projeto de lei. Também foi relatado que a emenda não agradou alguns vereadores. “Ouvimos de bastidores que vai entrar o projeto de reduzir para 19. Tudo indica para este número. Parece que a exclusão de uma cadeira não é o que todos acreditam”.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias