Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo

Cidades vacinam 307,7 mil contra H1N1, analisam 250 casos e somam 13 óbitos

10 JUN 2016 - 08h00

Suzano, Mogi das Cruzes, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá e Guararema vacinaram 307.746 pessoas contra a H1N1, durante a campanha nacional. Neste ano, as seis cidades confirmaram 41 casos da doença, registrou 13 mortes pela gripe e analisa 250. Os dados atualizados foram divulgados ontem.

Em Suzano, foram vacinadas 62,8 mil pessoas. Destas, 16.802 crianças, 2,5 mil gestantes, 25.403 idosos, 5.927 funcionários da saúde, entre outras. O município analisa atualmente 28 casos suspeitos de H1N1. A cidade não confirmou nenhum caso da doença até agora.

Em Mogi, apesar de encerrada a prorrogação da campanha, a cidade continuará a vacinação enquanto houver estoque. A orientação é que se leve hoje as crianças que precisam da segunda dose. Foram vacinadas 110 mil pessoas. Até o momento 24 casos foram confirmados, outros 99 estão em análise. Mogi teve nove óbitos por H1N1.

A Vigilância Epidemiológica de Ferraz diz que foram vacinadas 32.591 pessoas. O município segue com a campanha de vacinação até dia 30. Ferraz teve um caso da gripe confirmado, 32 suspeitos estão em análise e nenhuma morte foi confirmada.

Em Itaquá, há 54 notificações sendo nove positivas e três óbitos. O município recebeu 83 mil doses da vacina e imunizou 66.964 munícipes. Do total, 17.172 são pessoas com comorbidades, 20.810 crianças, 4.616 trabalhadores de saúde, 3.061 gestantes, 584 puérperas e 20.721 idosos.

Em Guararema, a Secretaria de Saúde alcançou a meta e imunizou mais de sete mil pessoas dos grupos prioritários. Foram vacinadas 1.848 crianças, 631 trabalhadores de saúde, 239 gestantes, 38 puérperas, 3.321 idosos e 933 doentes crônicos. Na cidade foram registrados 21 casos suspeitos da doença.

Em Poá, até a última sexta, foram vacinadas 28.391 pessoas. Deste total, 21.519 estão no grupo prioritário, ou 108.39% da cobertura vacinal. Poá registrou neste ano um óbito por H1N1, além de analisar 15 casos e ter a confirmação de sete ocorrências.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias