Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 21 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/10/2020
PMMC MULTI 2020
Reisinger Ferreira
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo Outubro

Com atraso na entrega de projetos, orçamento prevê R$ 2,9 bi para a região

13 OUT 2015 - 08h01

O orçamento do Estado prevê investimento de R$ 2,9 bilhões para projetos da região que, em sua maioria, estão com o início ou a entrega atrasados. Os maiores investimentos são nas obras de modernização das linhas e estações de trens e no Trecho Norte do Rodoanel Mário Covas (SP-21). O projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) foi encaminhada à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Agora, os deputados estaduais podem apresentar emendas ao documento que precisa ser aprovado antes do recesso parlamentar.

Somente para aquisição de 36 novos trens, o Estado vai investir R$ 985,4 milhões. Uma parte será destinada às linhas 11-Coral e 12-Safira. Além disso, o orçamento prevê mais três investimentos para a área de transporte ferroviário (veja tabela completa ao lado). Para a modernização da Linha 11 estão previstos R$ 21,8 milhões. Dentro desta dotação orçamentária estão incluídas as obras das novas estações. A entrega da unidade de Suzano, por exemplo, foi adiada por diversas vezes e, agora, está prevista para o próximo ano. No projeto de modernização também estava previsto a circulação dos trens do Expresso Leste em todos os horários, Porém, recentemente Alckmin afirmou que as viagens serão ampliadas a partir de 2016, mas não vai atingir todos os horários.

A LOA também prevê R$ 201 milhões para a implantação do Parque Várzeas do Tietê. O projeto é considerado pelo governo estadual como um dos principais focos para reduzir os problemas das enchentes nestas regiões. O parque deve beneficiar cerca de três milhões de pessoas. São 75 quilômetros de extensão e 107 quilômetros quadrados de área.

Porém, quando foi lançado em 2009, a previsão era de que os núcleos da região começassem a ser implantados em 2014. A data foi adiada para o próximo ano. Atualmente, estão sendo implantados os núcleos entre Guarulhos e Itaquá.

COMPARAÇÃO

O valor que será investido nos projetos da região para o próximo ano é 15,03% maior do que o deste ano, quando era previsto um investimento de R$ 2,521 bilhões.

Entre os projetos que tinha verba prevista e que ficaram de fora do orçamento do próximo ano está a implantação do Corredor Metropolitano (Arujá-Itaquaquecetuba).

NO ESTADO

Em todo o Estado, está previsto um investimento de mais de R$ 206,86 bilhões. Na mensagem enviada aos parlamentares, o governador ressalta as condições econômicas do País que exigem a elaboração de um orçamento equilibrado e responsável. “Não há como ignorar que o contorno que delineia a preparação desta propositura é afetado de forma direta pela crise de múltiplas dimensões que hoje compromete seriamente o desenvolvimento nacional”, afirma no texto.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias