Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 27 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/10/2020
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC COVID VERDE
PMMC MULTI 2020

Comando do 32° Batalhão faz homenagem a 21 policiais militares e ao coronel Souza

20 MAI 2016 - 08h01

Vinte e um policiais militares foram homenageados ontem por terem se destacado em ocorrências policiais ao longo deste ano. O evento aconteceu na sede do 32° Batalhão de Polícia Militar Metropolitana (BPM/M), que compõe Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá. Na solenidade, o coronel José Luiz de Souza, comandante do Batalhão, anunciou a aposentadoria da corporação. A solenidade foi acompanhada pelo coronel Mauro Lopes, que é responsável pelo Comando de Policiamento de Área Metropolitana - 12 (CPA/M-12) e comandantes do 17° BPM/M e 35° BPM/M.

Num coro de ao menos 100 pessoas - entre policiais, familiares e autoridades - o hino nacional foi entoado. A solenidade se iniciou com a entrega das medalhas de Valor Militar e Láurea do Mérito Pessoal. Entre os homenageados estão o major Luiz Claudio Figueiredo Barnabe; os sargentos Marcos Venício de Jesus e Eliseo Silvério, respectivamente; os cabos Igor Cintra Mendes e Andrea Pinheiro da Silva, respectivamente; e o soldado Leandro Piascentini Souza.

Depois de encerradas as entregas, uma placa de agradecimento foi dada ao coronel Souza, que assumiu por duas vezes a responsabilidade em administrar o 32° BPM/M.

As homenagens ao atual coronel da reserva não se encerraram, já que o comandante interino do batalhão major José Carlos Brandão discursou para os presentes sobre a importância que Souza teve para o 32° BPM/M. Também foi relatada sua extensa trajetória na corporação, tendo como um dos destaques as negociações para deter os sequestradores da filha do empresário Silvio Santos, em 2002. “Aqui tive uma tropa afim de apresentar resultados. Colhemos bons resultados ao longo destes anos”, destacou Souza.

O comandante do CPA/M-12 ressaltou que o desligamento trará uma perda para o policiamento da região, já que classificou coronel como ótimo profissional. “Claro que é um prosseguimento na vida dele, mas fica a perda de um ótimo profissional. Deixou um bom legado e diversas ações positivas”. Ele afirmou que um novo comandante deve assumir o batalhão, mas que apenas terá um nome a partir do fim de maio. “Acreditamos que até lá já tenha um novo comandante”, contou.

Também estiveram no evento os vereadores Abigail Maria do Carmo (PR) e Marcos Antonio dos Santos (PTB), o Maizena.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias