Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 04 de junho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 03/06/2020
PMMC CAMPANHA
PMMC RETOMADA 02 A 07/06
Desemprego

Cresce a procura pelas agências de emprego no começo do ano

Procura por vagas e recolocações no mercado de trabalho é grande no mês de janeiro

Por Carolina Rocha - de Suzano13 JAN 2020 - 21h10
Agências de emprego ficam cheias no início deste anoFoto: Regiane Bento/Divulgação
As agências de emprego de Suzano trabalham dobrado no começo do ano. A procura por vagas e recolocações no mercado de trabalho é grande no mês de janeiro. 
 
E muitos desempregados procuram as agências para mudar essa situação.
 
É o caso de Valquíria Santos Oliveira, que há dois meses está desempregada. 
 
Ela veio da Bahia à procura de melhores oportunidades, e chegou a trabalhar como ajudante de cozinha. Mas o trabalho acabou não vingando. 
 
Ela diz que nesses dois meses sem emprego, conta com a ajuda dos filhos para se manter, mas que tem esperança de que vai conseguir se restabelecer. "Tenho colocado currículos e estou correndo atrás pra conseguir alguma coisa".
 
Também na mesma situação, está o seu Valdemir Gomes dos Santos que está desempregado há 4 anos. Ele trabalhava de ajudante de pedreiro, mas saiu do emprego porque não pagava bem. Agora ele têm se mantido 'fazendo bicos'. 
 
Viviane Gonçalves de Almeida é diretora de uma agência de empregos em Suzano, e alerta que um dos fatores que influenciam os empregadores a não contratar alguém nos processos é a falta de qualificação e a falta de etiqueta na hora das entrevistas. 
 
"Alguns candidatos não têm a qualificação necessária para preencher a vaga. Fora isso, a postura na hora da entrevista é importante. Alguns vão de regata e boné e acabam se comprometendo". Ela também aponta a desistência de candidatos após a aprovação na seleção. "Muitos candidatos desistem na pré-contratação, mesmo já tendo sido selecionados para preencher aquela vaga em específico".
 
Mesmo assim, Viviane conta que as expectativas para 2020 são grandes. "A procura por vagas vem aumentando desde dezembro. O mercado está crescendo e está mais aquecido. E as empresas têm procurado as agências para realizar um processo seletivo de qualidade", completa.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias