Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quarta 19 de janeiro de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/01/2022
PMMC PEDÁGIO CANCELADO
COVID CENTRO MÉDICO
Centro médico influenza
Cidades

Comerciantes mantêm obrigatoriedade do uso de máscara dentro das lojas

Lojistas disponibilizam ainda o álcool em gel e, em alguns casos, até oferecem máscara para os clientes

Por de Suzano07 DEZ 2021 - 15h18
Comerciantes mantêm obrigatoriedade do uso de máscara dentro das lojasFoto: Regiane Bento/DS
O avanço da vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) não é motivo para se descuidar. Por isso, os comerciantes de Suzano mantêm a obrigatoriedade do uso de máscaras dentro dos estabelecimentos. Os lojistas disponibilizam ainda o álcool em gel e, em alguns casos, até oferecem máscara para os clientes. A medição de temperatura continua acontecendo, principalmente, em supermercados.
 
No entanto, os donos dos estabelecimentos relatam casos de clientes que entram na loja sem o acessório. Ao solicitar o uso, eles precisam lidar com o desrespeito. “Tem cliente que entra sem máscara. Sempre pedimos, educadamente, para colocar. Mas muitos não gostam. É bastante estressante”, disse a vendedora Gabriela do Prado.
 
A loja também oferece álcool em gel e até máscaras aos consumidores. Mesmo assim, muitos recusam. “Estamos fazendo nossa parte. Temos que manter os cuidados”, conclui a vendedora.
Cenário parecido na floricultura de Sandra Augusto Koyama. A proprietária relata um caso de um cliente que chegou a rasgar o acessório dentro do estabelecimento. Ela também notou que poucos consumidores não usam o álcool em gel disponível na loja. “Faz tempo que não repomos. Ninguém usa. Muitos nem trazem mais a máscara”, conta.
 
Nem sempre é assim. Na loja de Elza de Fatima Ribeiro de Oliveira, os clientes têm respeitado as regras. A variante Ômicron acendeu o sinal de alerta na gerente. Seis casos da nova variante foram confirmados no Brasil. “Só entra com máscara. Tem muitas variantes por aí. Precisa ter cuidado. Por aqui, os clientes têm tido a consciência”, afirmou.
 
Tânia dos Santos também tem procurado não dar chance para o azar. “Fico sempre de máscara também. Nunca tive problema com relação a isso. Os clientes também estão respeitando”.
Mesmo correndo o risco de ser retrucada, Valeska Machado também pede consciência ao consumidor. “Eles não gostam, mas não tem jeito. Tem que usar”, finalizou. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias