Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 21 de novembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2018
Costa Rica
PMMC NOVEMBRO AZUL
MRV - ATÉ O SEU MADRUGA VAI SAIR DO ALUGUEL

Comércio ilegal cai 97,4% com a retirada de 115 ambulantes do Centro

Informações foram divulgadas pela equipe do Setor de Fiscalização de Posturas da Secretaria de Manutenção

Por Lucas Lima - de Suzano13 FEV 2018 - 11h28
Calçadas ficaram livres com a ausência dos vendedores ambulantesFoto: Sabrina Silva/Divulgação
O número de ambulantes nas principais ruas e avenidas do Centro de Suzano caiu 97,46%. De 118 trabalhadores irregulares, apenas três restaram (foram retirados 115). Para acabar com essa situação e dar oportunidade de renda aqueles que precisam, a Prefeitura elaborará um projeto de lei para regulamentar o comércio de rua na cidade. As informações foram divulgadas pela equipe do Setor de Fiscalização de Posturas da Secretaria de Manutenção e Serviços, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego. 
 
Os órgãos municipais afirmaram que dos 118 ambulantes que tinham, foi constatado que 80% eram de moradores de outras cidades da região Metropolitana de São Paulo. Segundo a Prefeitura, a quantidade de ocorrências registradas em 2017 foi de 7,2 mil apreensões, uma média de 20 por dia. Para evitar um possível retorno de comerciantes em situação irregular, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico colocou à disposição todos os mecanismos para regularizá-los como Microempreendedores Individuais (MEI). Durante o período, foram cadastrados cerca de 200 ambulantes. 
 
Neste ano, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, André Loducca, afirmou que será elaborada uma proposta de lei para regulamentar o comércio de rua no município. "Até hoje o município nunca dispôs de uma lei que aborde o comércio de rua, e estamos elaborando uma peça que será encaminhada ao Legislativo, juntamente com a Lei de Posturas, que definirá regras e protegerá os comerciantes individuais de nossa cidade", enfatizou. O DS percorreu pela manhã a Glicério e a Benjamin Constant e nenhum ambulante foi encontrado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias