Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 20 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
PMMC COVID LAR

Conseg de Palmeiras pedirá circulação de trem da CPTM nos trilhos da MRS

31 MAI 2016 - 08h00

O Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Palmeiras vai solicitar para a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) a utilização da linha de trem da MRS Logística para transporte de passageiros. O assunto que fará parte da reunião de hoje já foi debatido outras vezes. Em 2014, foi solicitado que o pedido fosse avaliado pela companhia já que era estimado que 90 mil pessoas poderiam ser beneficiadas.

A reunião acontece, às 19 horas, na Escola Estadual (E.E) Doutor Anis Fadul, situada na Vila Rica. Além do pedido à CPTM serão abordados assuntos como o pedido para criação da 5ª Companhia na região e solicitações de reforços de policiamento.

Segundo o presidente do Conseg, Gustavo Ferreira, mais de 20 mil pessoas assinaram um abaixo-assinado pedindo para que os trens da CPTM circulem em Palmeiras. A possibilidade está prevista em contrato com a MRS (autorização de transporte de trens públicos na linha férrea de carga) com a companhia paulista. A ideia é que a linha interligue para Ouro Fino e Ribeirão Pires. "Isso impulsionará o próprio desenvolvimento do distrito, nos comércios, indústrias, entre outros. Aliás, atrairá mais pessoas para a cidade", disse o presidente.

A necessidade de implantação de uma nova companhia é de que ela faria a segurança de 80 quilômetros quadrados do Distrito de Palmeiras. "Com certeza a segurança iria se fortalecer. Estamos lutando para que esta causa seja atendida e que consigamos trazer mais proteção a toda região", explicou Ferreira.

Os pedidos de reforços de policiamento serão de mais uma viatura da Polícia Militar (PM), ronda da Força Tática pelo menos duas vezes por semana e solicitação de mais quatro policias para a área. "São demandas da própria população, as quais passam por problemas diários na questão de transporte e de segurança pública. Sendo assim, todos ficarão sabendo o que acontece e o que estamos tentando propor para a melhoria", afirmou.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias