Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
sexta 07 de maio de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/05/2021
CHECK UP - PÓS COVID
CLUDE DS DIA DAS MÃES
MAGIC CITY - CAMPANHA SOLIDÁRIA
Cazarini
Quality Admistração de Condomínios
Direito das Mulheres

Conselho da Mulher avança com comissões e proposituras em Suzano

Encontros têm ocorrido de maneira remota, por meio de conferências on-line

Por de Suzano12 ABR 2021 - 11h12
Conselho da Mulher avança com comissões e proposituras em SuzanoFoto: Secop/Divulgação

O Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres (CMDM) concluiu o primeiro mês de atividades com a criação de novas comissões temáticas e proposituras que visam aprimorar as políticas públicas voltadas às mulheres suzanenses. Os encontros das conselheiras têm ocorrido de maneira remota, por meio de conferências on-line lideradas pela presidente do órgão, a advogada e diretora no Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) Sandra Lopes Nogueira.  

A primeira reunião com grupo de conselheiras, formado por representantes atuantes na Prefeitura de Suzano, em movimentos e em entidades, definiu a criação de comissões temáticas direcionadas ao respaldo em Comunicação, em Direitos da Comunidade LGBTQIA+ e das Mulheres Vítimas de Violência Doméstica, sendo indicados os nomes da jornalista Marília Campos e das advogadas Michele Araújo e Maria Margarida Mesquita, que também atua como vice-presidente do conselho municipal.

De acordo com a presidência, todas as comissões têm autonomia para convidar pessoas a compor a temática, tendo sempre em vista a promoção da valorização da mulher, sob a ótica da liberdade e igualdade de direitos e deveres. “Conforme o andamento dos trabalhos, as comissões poderão apresentar propostas efetivas de projeto para serem debatidas nas reuniões mensais”, afirmou Sandra. 

Entre as propostas deliberadas pelo grupo também ficou definido o novo endereço do conselho, que deverá ser sediado no Saspe (rua General Francisco Glicério, 1334 - Centro). “O objetivo é garantir mais estrutura às reuniões presenciais, assim que possível devido à pandemia. Por ora, os encontros seguem de maneira remota. Mas é interessante contarmos com um espaço seguro, bem estruturado e de fácil acesso para atividades futuras previamente divulgadas”, esclareceu.  

O conselho ainda definiu a primeira-dama e dirigente do Saspe, Larissa Ashiuchi, como presidente de honra do órgão. O título reconhece a importante contribuição da primeira-dama às políticas públicas voltadas às mulheres suzanenses, desde 2017. Entre as ações desenvolvidas está a homenagem “Mulheres Fazendo História na Cidade de Suzano”, que deverá ser encaminhada à Câmara Municipal como sugestão de moção de aplausos aos nomes selecionados em 2020 e 2021.

O conselho também definiu a criação de um curso de Capacitação em Política Para Mulheres e de Centros de Referência da Mulher, a fim de estimular a participação política e assegurar mais respaldo social, jurídico e psicológico.    

Por fim, em breve, as conselheiras também deverão implementar junto ao site oficial www.suzano.sp.gov.br um formulário de identificação das pautas e garantir maior participação das mulheres nas deliberações do conselho. “Já contamos com grupo aberto à comunidade no aplicativo de mensagem ‘WhatsApp’ e agora, por meio do formulário ‘CMDM De Portas Abertas’, vamos abrir espaço para que todas possam formalizar suas sugestões e projetos. Essa será uma ferramenta de suma importância para que possamos ampliar a voz das mulheres suzanenses”, finalizou Sandra.  

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias