Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 10 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 08/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC ALEITAMENTO MATERNO
PMMC ECOTIETÊ
Pmmc Mutirão da Catarata
PMMC  VACINAÇÃO - SARAMPO

Consórcio aciona Ministério Público após Estado adiar novamente entrega de leitos

Hospital diz que equipe que vai atuar no local ainda está sendo formada; leitos deveriam ter sido entregues ontem

Por Daniel Marques - de Suzano07 JUL 2020 - 05h00
HC mais uma vez não recebeu os leitos prometidosFoto: Jackeline Lima/Divulgação
Mais uma vez o Estado descumpriu promessa da entrega de leitos do Hospital das Clínicas de Suzano (HC) prevista para ontem. 
 
Por conta disto, o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) decidiu cobrar informações e acionou o Ministério Público Federal (MPF) - leia matéria abaixo.
 
O hospital informou que apenas 20 leitos de enfermaria serão reservados para tratamento do novo coronavírus (Covid-19) no começo. 
 
Em nota, explicou que a inauguração, que estava prevista para ontem, acontecerá "nesta semana", sem informar um dia específico.
 
Isso porque a equipe que vai atuar no hospital ainda está sendo formada.
 
O DS esteve no local ontem de manhã e notou que o movimento no hospital estava “normal”, sem algo que indicasse uma inauguração ou entrega de leitos. Funcionários questionados pela reportagem se abstiveram de falar do assunto, dizendo apenas que era para "consultar o Estado" ou, no máximo, que "não havia informação" sobre qualquer evento.
 
"O Hospital Auxiliar de Suzano, ligado ao HCFMUSP, informa que inicia nesta semana o atendimento de pacientes Covid-19 da região. O convênio com a Secretaria de Estado da Saúde já foi assinado e está em fase final a formação das equipes para o início da ativação gradativa do serviço, começando com 20 leitos de enfermaria reservados para a doença", informou o HC, em nota. 
 
Os pacientes atendidos no HC serão encaminhados pela Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross), responsável por ceder leitos de hospitais da rede estadual de Saúde aos contaminados com a Covid-19.
 
Novela
 
De novo, os pacientes que pedem há anos a abertura do Hospital das Clínicas de Suzano veem o prazo se estender mais. Além disso, o número de leitos reduziu novamente.
 
Inicialmente seriam 90. Depois, passaram para 40. Agora, serão 20. Segundo a nota do hospital, o processo de implantação de leitos "começará" com leitos de enfermaria. 
 
O documento não deixa claro se haverá ampliação no número de leitos nem se o hospital contará com Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), que possuem equipamentos fundamentais para a recuperação dos infectados.
 
O DS tentou esclarecer essa dúvida com a assessoria de imprensa do HC, que, por telefone, pediu para que o Estado fosse contatado para maiores esclarecimentos. 
 
Assim, a reportagem contatou a assessoria de imprensa do Estado, que informou, também por telefone, que as únicas informações sobre o assunto estavam na nota enviada pelo HC.
 
Condemat cobra informações do Estado e aciona Ministério Público Federal sobre cumprimento de prazo
 
A direção do Consórcio de Desenvolvimentos dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) encaminhou, nesta segunda-feira (06/07), novo ofício à Secretaria de Estado da Saúde cobrando a atualização do cronograma de implantação dos leitos Covid-19 no Hospital das Clínicas Auxiliar de Suzano e no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, de Mogi das Cruzes, inicialmente previstos para junho, mas que até o momento não foram efetivados.
 
O Consórcio também solicitou informações sobre os 10 respiradores enviados pelo Estado no último mês para ampliar a capacidade do Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, o qual permanece com a mesma quantidade de leitos de três meses atrás.
 
O Condemat protocolou, no Ministério Público Federal (MPF), o pedido para acompanhamento da execução dos compromissos assumidos pelo Governo do Estado para a ampliação da capacidade hospitalar do Alto Tietê.
 
Sobre o Hospital das Clínicas, em nota, a Prefeitura de Suzano informou que o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) está cobrando, juntamente com o Condemat, um posicionamento do Estado sobre a questão. 
 
Em maio, em reuniões com prefeitos, secretários municipais de saúde e o procurador da República, Guilherme Rocha Göpfert, a Secretaria de Estado da Saúde – através do secretário José Henrique Germann, do secretário executivo Eduardo Adriano e de outros executivos – assumiu vários compromissos sobre envio de respiradores e ampliação de leitos nos hospitais estaduais do Alto Tietê, num cronograma até 30 de junho.
 
Sobre o Hospital das Clínicas de Suzano, na última semana o secretário executivo Eduardo Adriano informou que a abertura da unidade para atendimento Covid-19 no Alto Tietê seria adiada para essa segunda-feira (dia 6), o que mais uma vez acabou não acontecendo.
 
Além disso, o compromisso em maio era para 90 leitos – 10 UTI e 80 clínica médica. Depois, o Estado acenou para o Condemat para 10 leitos de UTI e 30 de clínica médica. Agora, a informação transmitida aos prefeitos é de que serão apenas leitos de enfermaria – 10 a 20.
 
Do Dr. Arnaldo Pezzuti, a promessa foi de 60 leitos, sendo 30 de UTI. 
 
O Estado não deu mais nenhuma informação sobre a ativação da unidade.
 
“A maior necessidade do Alto Tietê está em leitos de UTI. É essencial que o Estado cumpra o que foi prometido para que a região tenha condições de evoluir no atendimento à população e no cumprimento dos critérios para evoluir nas fases do Plano SP”, ressalta a direção do Condemat.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias