Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 26 de maio de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 26/05/2022
COVID CENTRO MÉDICO
CAMPANHA INSTITUCIONAL 2022 - PI 49989 TOPO
Monitoramento

CSI contabiliza auxílio em 2,6 mil ocorrências em três anos de operação

Equipamento integrado da Prefeitura de Suzano é referência em segurança

Por de Suzano13 MAI 2022 - 16h52
CSI contabiliza auxílio em 2,6 mil ocorrências em três anos de operaçãoFoto: Wanderley Costa/Secop Suzano

Neste mês de maio a Central de Segurança Integrada (CSI) Lubnan Mohamed Ghazal, da Prefeitura de Suzano, completa três anos de operação. O equipamento, que é referência em segurança, já auxiliou em 2.640 ocorrências pela cidade. A unidade conta com 78 câmeras de monitoramento, além de dispositivos exclusivamente voltados à segurança nas escolas e do Sistema Detecta, do governo do Estado.

Ao longo deste período, entre 2019 e 2022, a central flagrou 617 ocorrências de furto e roubo em comércio, fios de cobre, postos de saúde, veículos, motocicletas e bicicletas, por exemplo. A CSI também prestou auxílio a 387 ocorrências relacionadas ao trânsito, como acidentes e atropelamentos, garantindo a rápida atuação das equipes da Polícia Militar (PM) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Além disso, o equipamento foi indispensável para a devida abordagem das forças de segurança em 285 episódios, assegurando assistência à PM e à Guarda Civil Municipal (GCM). A central também acompanhou 104 ocorrências relacionadas a agências bancárias, como em casos de disparo de alarmes e “saidinhas” de banco. Outras 301 situações foram verificadas pelo equipamento nesses três anos, como brigas generalizadas, incêndios e flagrantes de vandalismo. 

Já no Sistema Detecta, que visa o monitoramento inteligente a partir do acesso ao maior banco de dados de informações policiais da América Latina, foram 946 ocorrências. Entre elas, as imagens já auxiliaram na prisão de procurado da Justiça e na localização e interceptação de veículos.

O balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, responsável pela operação da central integral, demonstra a efetividade do equipamento. De acordo com o chefe da pasta, Elias Marques de Lima, a CSI vem cumprindo seu papel e se desenvolve cada dia mais. “Começamos a central com 52 câmeras, hoje já ampliamos esse número e contamos com novos dispositivos e softwares inteligentes que nos ajudam a obter êxito nas abordagens. Nosso objetivo é garantir um atendimento rápido e eficiente, além de prevenir ocorrências por meio de novas estratégias traçadas de maneira integrada”, disse, explicando a conexão garantida entre a GCM, a Defesa Civil, as Polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros e o Samu.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi também destacou a importância do equipamento para a população. “Por meio da CSI conseguimos unir forças para uma cidade mais segura. O município está monitorado e é muito importante que todos saibam disso porque não vamos tolerar a violência. Além das 24 câmeras nas ruas, nossas escolas municipais também estão operando com 1.217 equipamentos de imagem e 106 unidades contam com o ‘botão do pânico’, que pode ser acionado em caso de urgência. Agradeço o empenho e a parceria das nossas equipes de segurança, principalmente dos 32 colaboradores que se dedicam ao monitoramento integral do município”.  

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias