Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 14 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2019
PMMC DENGUE
Evatânia Psicopedagoga

Custo com 160 vereadores das câmaras do Alto Tietê atinge R$ 9,9 milhões por mês

TCE aponta que, no período de um ano, os gastos com as Câmara Municipais na região chegam a R$ 119 milhões

Por Fernando Barreto - da Região18 NOV 2019 - 23h30
Câmara Municipal de Mogi das Cruzes é o Legislativo mais caro da região, conforme o estudo do TCEFoto: Arquivo/DS
Levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) aponta que as Câmaras Municipais do Alto Tietê custam, por mês, R$ 9.917.246,66 aos cofres municipais. Os dados são do período de setembro de 2018 à agosto de 2019. Segundo o TCE, as câmaras da região custam, em um ano, R$ 119.006.959,87.
 
No levantamento do Tribunal, Suzano aparece em segundo lugar na região. Os gastos com os vereadores da Câmara são de R$ 25.187.088,04 por ano. O Legislativo suzanense possui 19 vereadores, o que significa que, em um mês, os vereadores custam R$ 2.098.924,00 aos cofres públicos. 
 
Cada morador contribui ao ano com R$ 85,48 para o custeio dos vereadores .
 
Mogi
 
A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes é o Legislativo mais caro da região, conforme o estudo do TCE. A casa possui 23 vereadores, o que resulta em um custo mensal, aos mogianos, de R$ 2.436.265,61. 
Em um ano a casa tem uma despesa total de R$ 29.235.187,29. Cada cidadão contribui com R$ 66,33 para custear os vereadores.
 
Poá
 
O Legislativo poaense tem custo total mensal de R$ 1.204.513,00. Cada munícipe poaense contribui, em média, com R$ 124,04, o que coloca a cidade em segundo lugar na região nesse ponto, atrás apenas de Arujá. No total, o Legislativo de Poá custa R$ 14.454.157,02.
 
Contudo, conforme reportagem do DS nesta edição, a Câmara de Poá vai votar um projeto que prevê a redução de 19 para 11 vereadores, o que pode reduzir esse valor.
 
Arujá
 
A Câmara de Arujá aparece na quarta posição, com um custo mensal de R$ 1.144.814,31, e anual de R$ 13.373.771,66. Os moradores de Arujá contribuem, aproximadamente, com R$ 155,31 para o custeio dos vereadores em um ano, o que coloca os munícipes da cidade como os que mais gastam com o Legislativo na região.
 
Itaquá
 
Itaquaquecetuba possui gasto anual de R$ 13.219.181,41, custo próximo ao da Câmara de Arujá. Itaquá possui 19 vereadores, onde todos custam R$ 1.101.598,45 ao mês para os cofres municipais. Cada munícipe gasta R$ 36,07 para custear a Câmara.
 
Ferraz
 
O Legislativo de Ferraz apresenta gasto anual de R$ 11.282.990,43. Com 17 vereadores na casa, o custo mensal de todos é de R$ 940.249,20 mil.
 
Outras 
 
A Câmara de Santa Isabel custa anualmente R$ 5,8 milhões. Biritiba-Mirim, Guararema e Salesópolis custam, ao ano, R$ 2,5 milhões, R$ 2,066 milhões e R$ 1,4 milhões, respectivamente. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias