Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 14 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/10/2019
Villa Europa
CENTERPLEX 11/10 A 18/10
Secom Segurança
Lei Maria da Penha

DDM de Suzano atinge marca de quase 5 mil ocorrências registradas

Números foram divulgados pelo departamento ao deputado estadual Estevam Galvão (DEM)

Por de Suzano08 AGO 2019 - 14h05
Somente no último ano (julho/2018 a julho de 2019), 1.680 boletins de ocorrência foram registradosFoto: Divulgação

Há quase quatro anos em funcionamento em Suzano, a Delegacia da Mulher registrou até o último mês 4.969 boletins de ocorrência de crimes contra a mulher. Os números foram divulgados pela delegacia ao deputado Estevam Galvão (DEM), autor do projeto de lei que cria e instala o serviço na cidade.

Somente no último ano (julho/2018 a julho de 2019), 1.680 boletins de ocorrência foram registrados. Os números são 53% superiores à média de boletins registrados nos anos anteriores.

"Isso mostra que as mulheres confiam na instituição e se sentem mais seguras para procurar ajuda e justiça. A Delegacia da Mulher de Suzano, que tem a Dra Silmara Marcelino à frente, vem se consolidando como uma grande ferramenta de combate à violência doméstica e fico muito feliz em ter feito parte deste processo. Esta é a nossa contribuição com a Lei Maria da Penha", afirmou o deputado.

Estevam elogiou o trabalho da delegada, que está à frente da unidade desde o início do atendimento na cidade, em 10 de agosto de 2015. "Uma mulher forte, competente e que tem contribuído muito para salvar vidas", disse.

De acordo com os dados da Secretaria de Segurança Pública, Suzano registrou no último ano 451 casos de violência doméstica. A principal ocorrência continua sendo ameaça, considerada violência psicológica – 543 casos no último ano.

"O problema é mais grave do que imaginamos. São registrados mais de 140 ocorrências todos os meses na cidade. Quase 600 medidas protetivas são autorizadas por ano em Suzano para garantir a integridade física das denunciantes", apontou o deputado.

Os casos registrados de estupro são menores, mas também expressivos – 74 no ano passado. Somente nos sete primeiros meses deste ano, já são 59 casos registrados na cidade. Nos últimos 12 meses, 1.121 inquéritos policiais foram instaurados por ocorrências de crimes ligados à violência doméstica.

SALA ROSA 

O espaço também oferece a Sala Rosa, sob coordenação da Dra Maria Margarida Mesquita, que atende as mulheres vítimas de violência doméstica e em parceria com a Guarda Municipal realiza o patrulhamento da Lei Maria da Penha.

"Temos uma longa história de trabalho e luta pela instalação da DDM. Iniciamos as tratativas em 1998, quando eu ainda era prefeito da cidade e criei uma sala dentro da Delegacia Central só para atender as mulheres vítimas de violência doméstica. A Maria Margarida participou de todo este processo e continua trabalhando ativamente na defesa das mulheres e da família", lembrou Estevam.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias