Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE

Decreto libera 80 escolas para votação

02 SET 2016 - 08h01

Oitenta escolas de Suzano estarão disponíveis para receber as urnas e os eleitores da cidade nas eleições deste ano. Do total, 33 unidades municipais estarão a serviço das eleições. Um decreto, assinado pelo prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB), foi publicado ontem no DS e permite a utilização dos espaços públicos para o pleito.

Segundo a chefe do cartório 181, Imaculada Pires de Almeida, a zona eleitoral solicitou 45 unidades de ensino, sendo 19 municipais, uma particular e 25 estaduais. Já a chefe da 415ª, Izânia Alves do Nascimento, aponta a solicitação de 35 escolas. Destas, 14 municipais e 21 do Estado. Em relação aos servidores alocados nas unidades, Izânia explica que na segunda-feira será feita reunião com os diretores das escolas para decidir o número de funcionários necessários para o pleito. "A definição é feita a partir da quantidade de seções", pontua.

As unidades serão subordinadas aos cartórios a partir das 12 horas de 1º de outubro, um dia antes do pleito, para montagem e sinalização das seções, além da indicação de acessos em todo o prédio, fixação de cartazes, listas de cabines, orientação e treinamento do pessoal das escolas para a eleição, recepção das urnas e vistoria dos prédios, assim como eventuais ajustes.

No dia da eleição, 2 de outubro, a Justiça Eleitoral deve contar com o apoio do pessoal das escolas para orientação e fluxo dos eleitores no interior dos prédios. Em caso de segundo turno, as escolas estarão disponíveis a partir das 12 horas de 29 de outubro. O procedimento de montagem é igual ao 1º turno. No dia do pleito, 30 de outubro, serão realizados novamente apoio dos servidores para orientação dos eleitores.

Os funcionários das escolas serão distribuídos em turnos, a partir das 7 horas, para que as orientações aos eleitores sejam interruptas e assegurem o dever do voto. Sendo que os diretores de escolas, coordenadores educacionais, docentes e servidores administrativos requisitados ficam obrigados a comparecer ao serviço nos horários estabelecidos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias