Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 09 de dezembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 09/12/2021
SOUSA ARAUJO - SIENA
CIA SUZANO
CREA- SP TRANSFORMAÇÃO DEZEMBRO 2021
SECOM CORUJÃO DA SAÚDE

DER prepara volta de radares retirados de 3 rodovias do Alto Tietê

Equipamentos foram retirados das estradas Mogi-Bertioga, Índio Tibiriçá e na Henrique-Eroles

Por Matheus Cruz - de Suzano20 OUT 2021 - 05h00
DER prepara volta de radares retirados de 3 rodovias do Alto TietêFoto: Regiane Bento/DS
O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) anunciou nesta terça-feira (19), que já publicou o edital de licitação para a instalação de novos radares e lombadas eletrônicas nas rodovias Mogi-Bertioga, Índio Tibiriçá (SP-31) e na extensão da Henrique-Eroles (SP-66). 
 
A ideia é substituir os equipamentos que já existiam, mas foram removidos.
 
Segundo o DER, os radares foram removidos em razão do término do contrato, mas já está prevista a retomada nos serviços nestes locais onde os equipamentos ficavam.
 
Para isso, já foi publicado um edital de licitação para a contratação de novos equipamentos. 
 
Atualmente o órgão aguarda a conclusão desse processo, seguindo os trâmites da lei, para a retomada dos serviços.
 
Como forma de garantir a continuidade da fiscalização nestes trechos, o DER informou que a Polícia Militar Rodoviária está atuando no controle da velocidade contínua entre os veículos que transitam nas vias, especialmente durante feriados prolongados, que movimentam as estradas.
 
A atividade de fiscalização ocorre por meio dos radares portáteis, operados por agentes, e que seguem o cumprimento dos limites de velocidade estabelecido em cada um dos trechos.
 
Em setembro, o órgão já havia anunciado a preparação de reativação de 12 lombadas eletrônicas na Rodovia Índio-Tibiriçá, que liga Suzano ao ABC Paulista.
 
Na mesma época, o DS falou com motoristas, pedestres e moradores da região, que alertaram os riscos da retirada dos equipamentos para atropelamentos e aumento no número de acidentes.
 
Meses antes, quando o DER ainda trabalhava no processo de licitação para a ativação de novos radares, o órgão informou ao DS que “todas as concorrências públicas seguem os prazos regimentais estipulados pela Lei de Licitação”, entretanto, não detalhou prazo para o processo ser finalizado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias