Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 30 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 29/09/2020
Pmmc Sarampo
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
SOUZA ARAUJO

Dia dos Namorados movimenta comércio no Centro de Suzano

12 JUN 2016 - 08h00

O Dia dos Namorados, celebrado hoje, movimentou os comércios de Suzano. Ontem pela manhã, o movimento nas ruas centrais da cidade já era intenso. Os lojistas esperam crescimento de pelo menos 15% nas vendas. Quem deixou para comprar o presente de última hora, hoje ainda encontrará alguns estabelecimentos abertos, entre eles, lojas e floriculturas. Algumas ruas da área central de Suzano ficaram com trânsito mais complicado por causa das compras. Os motoristas das ruas General Francisco Glicério e Monsenhor Nuno, por exemplo, precisaram de paciência.

Para o técnico em informática Sandro Itakura, a data é boa tanto para o consumidor quanto para os comerciantes. Em um relacionamento sério há três anos, ele não poupou esforços para agradar a amada e a presenteará com diversos mimos. "Comprei um buquê de rosas, um ursinho, dois pingentes e a levarei para assistir ao jogo do Palmeiras", detalha.

A florista Célia Regina da Silva explica que a loja está preparada para um movimento intenso, inclusive hoje. "Estaremos abertos das 8 às 15 horas para atender quem ainda precisar comprar um presente. As rosas têm sido as campeãs de vendas. Mesmo com o frio elas estão bonitas e imponentes", conta.

Em uma loja de roupas na área central, a gerente Amanda Matos explica que quando se trata de vestimenta as mulheres são as maiores compradoras. "O homem tem medo de errar, então percebemos que optam mais por perfumes ou chocolates. Já as mulheres vêm com a decisão tomada", destaca.

Amanda completa que na sexta-feira, o Centro ficou mais movimentado no período da tarde. Ontem, a movimentação foi maior já no período da manhã. Na loja, entre os artigos mais escolhidos estão as blusas e casacos de frio para mulheres e calças e camisas jeans para os homens. A gerente prevê crescimento de 2% em relação ao ano passado, quando os lojistas previam aquecimento de pelo menos 50% nas vendas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias