Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 11 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 10/12/2019
Evatânia Psicopedagoga
COLÉGIO PLENITUDE
Sem aumento

Distribuidoras de gás de cozinha mantêm preços do produto em Suzano

Petrobras anunciou reajuste na última sexta-feira. Mudança vale para o botijão de até 13 quilos

Por Isabelle Santini - de Suzano28 NOV 2019 - 22h53
Reajuste de 4% do preço de venda do produto não chegou a SuzanoFoto: Regiane Bento/DS
O reajuste de 4% do preço de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP), popularmente como gás de cozinha, não afetou a maioria das distribuidoras de Suzano. Dos quatro locais visitados pelo DS, dois não têm previsão para reajuste no valor do gás; em uma distribuidora já houve reajuste e na outra a ação deve ocorrer, provavelmente, na segunda-feira.
A Petrobras anunciou o reajuste na última sexta-feira (22). A mudança vale para o botijão de até 13 quilos. Segundo a estatal, a medida começaria a valer a partir de segunda-feira (25).
 
Na Supergasbras, segundo o proprietário Carlos Higachi, haverá um reajuste no valor do gás de cozinha, provavelmente, na próxima segunda-feira. O botijão de 13 quilos no local sai pelo valor de R$62,99. "Vai ter reajuste no valor, mas não vai ser de 4%, vai ser menos. Provavelmente isso vai acontecer na segunda".
 
Na distribuidora Consigaz, o preço do botijão de 13 quilos varia entre R$54,99 e R$56,99. De acordo com o funcionário do local, Jeferson Dias, o reajuste não afetou a distribuidora e não há previsão de aumento no preço do gás de cozinha.
 
A Ultragaz registrou aumento de R$1 no valor do botijão de 13 quilos do gás desde terça-feira. A informação é do funcionário Luis João Rodrigues. Agora, a distribuidora registra o valor de R$67,99.
 
Outra distribuidora do município que não foi afetada pelo reajuste é a Copagaz. Os valores do botijão de 13 quilos variam entre R$54,99 e R$57,99. "Ainda não repassamos esse aumento que foi anunciado. Não temos previsão, ainda está incerto", pontua a funcionária Katia da Silva.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias