Envie seu vídeo(11) 97569-1373
Sintonize nossa Rádio101.5 FMClique e ouça ao vivo
Domingo 25 de Fevereiro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/02/2018

Em 15 meses, economia de água chega a 14,2 bilhões de litros no Alto Tietê

14 AGO 2015 - 08h00

Em 15 meses, 14,2 bilhões de litros de água foram economizadas pelas cidades abastecidas pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) na região. Os dados foram contabilizados desde que o bônus para a economia da água começou a valer, ou seja, entre abril do ano passado e julho deste ano. Apesar do resultado positivo, a economia de água caiu 4,5% em julho em comparação ao volume poupado no mês anterior. Em junho deste ano, o volume economizado alcançou os 936 milhões de litros de água. No mês passado foram poupados 893,6 milhões de litros.

Os dados foram computados com base em informações disponibilizadas pela companhia. Na região, Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Salesópolis, Suzano e mais os bairros da divisa de Mogi das Cruzes são atendidos pela Sabesp.

A diminuição no índice de economia de água entre um mês e outro pode estar relacionada ao fato da população estar esquecendo da necessidade de poupar água, uma vez que os problemas com a falta dela têm sido menos frequentes do que os registrados no ano passado, antes das intervenções anunciadas e já entregues pelo governo para combater a crise.

"De fato, acredito que as pessoas estão poupando menos, porque já não se fala muito, como antes, sobre a economia", disse a engenheira ambiental, Jackeline Macedo lembrando as ações de conscientização que eram feitas com mais ênfase anteriormente. "O povo age com base em estímulo", observou.

Mesmo diante desse cenário, a Sabesp informou que, o volume economizado em julho seria suficiente para abastecer aproximadamente 270 mil pessoas por um mês, considerando a recomendação da Organização das Nações Unidas (ONU) do consumo diário de cerca de 110 litros por habitante. "Neste mês, 12% dos clientes tiveram a aplicação da tarifa de contingência (ônus) em suas contas. Em julho de 2014, essa tarifa ainda não estava sendo aplicada". No mês passado, 62% dos clientes obtiveram desconto de 30%; 2% receberam desconto de 20%; e 5% ficaram na faixa de 10% de bônus. Os clientes que diminuíram o consumo, porém não atingiram o bônus, somaram 5%.

Jackeline afirma que, mesmo com a economia, a situação é preocupante. Até ontem, o volume armazenado no Sistema Produtor Alto Tietê (Spat) era de 16,4%, registrando quedas há mais de uma semana. De acordo como site Climatempo, ainda não há previsão de chuvas para os próximos dias. "Não está chovendo, os níveis só estão baixando e ainda temos esse calor atípico para a época (inverno), o que faz as pessoas consumirem mais água no período do que no habitual", concluiu a engenheira.

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias