Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
PMMC COVID SAÚDE
ÚNICCO POÁ

Empresas de telefonia, TV a cabo e banco lideram ranking do Procon

10 JAN 2016 - 07h00

Os grupos de telefonia móvel e fixo lideraram o ranking de reclamações do Procon de Suzano em 2015. Juntas, as duas primeiras (Vivo/Telefônica e Claro/Net/Embratel) empresas da lista registraram 1.258 queixas. Instituições que oferecem serviços como televisão por assinatura e transações bancárias seguem logo atrás com 486 protestos. Os dados foram calculados pelo DS a partir de informações divulgadas no site do Procon.

Até 31 de dezembro, os dois primeiros lugares foram ocupados por empresas de telecomunicações. Em 3º lugar na lista está o grupo Itaú - Unibanco e a Sky, com 262 e 224 queixas, respectivamente. Na quinta posição aparece a concessionária EDP Bandeirante Energia com 206 reclamações.

De acordo com a plataforma, o índice de solução os problemas gira em torno dos 60%. Para se ter uma ideia, dos 797 atendimentos feitos pelo órgão para resolver questões relacionadas a Vivo/Telefônica, 50% tiveram solução. Do total das reclamações, 294 se referem à cobrança indevida e 89 a serviço não fornecido.

O Procon afirma que a cobrança indevida é a campeã de queixas, em praticamente todos os serviços, e só perde para cobrança abusiva. Os dados podem ser analisados por meio do site: www.sistemas.procon.sp.gov.br.

REGIÃO

Nas demais cidades do Alto Tietê, o cenário é semelhante, e as mesmas empresas ocupam as primeiras posições do ranking de reclamações. No entanto, em alguns municípios oscilam de posição. Em Mogi das Cruzes, por exemplo, o grupo Claro/Net/Embratel está na frente da Vivo/Telefônica. Neste caso são 646 reclamações da primeira empresa contra 517 da segunda.

Em Mogi, o índice de solução dos problemas gira em torno dos 90%. A maior parte das queixas está relacionada à cobrança abusiva. Poá, em contrapartida, soluciona quase 85% das reclamações relacionadas ao serviço telefônico já que a Vivo/Telefônica seguida da Claro/Net/Embratel também disputam os primeiros lugares no ranking de queixas do Procon poaense. Na cidade vizinha foram registradas 398 e 214 reclamações de cada empresa.

SOLUÇÃO

Segundo o Procon, caso o consumidor tenha algum problema junto aos fornecedores, ele deve procurar o órgão para registro de uma reclamação, onde a empresa terá um prazo para se manifestar e resolver o ocorrido. Se não ocorrer a resolução, o órgão poderá agendar uma audiência conciliatória entre as partes para buscar a solução mais favorável ao consumidor, sem a necessidade de ingressar no Poder Judiciário.

O consumidor pode recorrer ao Procon de Suzano pessoalmente na Rua Baruel, 126, Vila Costa ou por meio do email procon.atendimento@suzano.sp.gov.br, e ainda do facebookHTTP://facebook.com/proconsuzano. Para outras informações ligue: 4744-7322.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias