Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 31 de março de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/03/2020
Secretaria de Estado da Saúde Campanha Coronavirus
CENTRO MÉDICO
COVID

EMTU suspende bilhete BOM Escolar na região; Sênior segue ativo

Cartões de estudantes que usam ônibus intermunicipais com Passe Livre ou Meia Tarifa foram suspensos

Por Daniel Marques - de Suzano25 MAR 2020 - 10h41
Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, sob comando do governador João Doria (PSDB), informou que houve redução de 65% na demanda do transporte metropolitanoFoto: Arquivo/DS
A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) suspendeu o Bilhete de Ônibus Metropolitano (BOM) Escolar de todos os alunos do Alto Tietê. A interrupção do serviço foi feita na última segunda-feira, 23.
 
A medida afeta estudantes de todas as 10 cidades do Alto Tietê que usam o cartão escolar, caracterizado pela cor amarela. Ela ocorre por conta da suspensão das aulas das redes pública e privada de ensino em todo o Estado. 
 
Além da Região Metropolitana de São Paulo, os cartões de estudantes do Vale do Paraíba, Litoral Norte, Baixada Santista e das regiões de Campinas e Sorocaba também foram bloqueados.
 
"Em alinhamento com a suspensão das aulas em todo o Estado de São Paulo, os benefícios de Passe Livre e Meia Tarifa para estudantes estão interrompidos", diz a nota da EMTU/SP.
A empresa disponibilizou um aviso em seu site, comunicando aos alunos o bloqueio de cotas do Passe Livre por tempo indeterminado e suspensão da comercialização da recarga do cartão Meia Tarifa. 
 
Os estudantes que adquiriram créditos para o segundo cartão poderão utilizar o saldo até que acabe e, a partir daí, aguardar até que as recargas sejam autorizadas. Não há uma data para isso acontecer, já que o país passa pela pandemia do novo coronavírus.
 
Sênior
 
A utilização do BOM Sênior (para idosos) não foi interrompida. No entanto, a empresa de ônibus citou a recomendação do governo do Estado, que pediu para que passageiros do grupo de risco permaneçam em suas residências e só utilizem o transporte público em casos de extrema necessidade.
 
Queda na demanda
 
A Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, sob comando do governador João Doria (PSDB), informou que houve redução de 65% na demanda do transporte metropolitano.
 
Equipes técnicas da pasta estão estudando, ainda, a possibilidade de reduzir a operação de ônibus metropolitanos em até 35%.
 
Em nota, a EMTU/SP informou que autorizou as concessionárias a adequarem as frotas, a fim de adaptá-las à baixa demanda de passageiros verificada em todas as regiões metropolitanas, incluindo o Alto Tietê. 
 
O objetivo, com a ideia, é "evitar aglomerações e prestar o serviço da melhor forma aos passageiros".
 
Ainda de acordo com o texto, ações de limpeza nos ônibus e terminais foram intensificadas para ajudar a combater o Covid-19.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias