Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quarta 16 de junho de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/06/2021
EDP SEGURANÇA
MAGIC CITY - CAMPANHA SOLIDÁRIA
Prêmio

Equipe do Canil da GCM recebe medalha por combate ao tráfico de drogas

Agentes foram homenageados por ação que apreendeu 3,6 quilos de entorpecentes em abril no Monte Cristo

Por de Suzano13 MAI 2021 - 16h00
Equipe do Canil da GCM recebe medalha por combate ao tráfico de drogasFoto: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

Em homenagem aos serviços prestados em prol da população, a equipe do Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano foi premiada nesta quinta-feira (13) com uma medalha por operações com cães. A honraria foi entregue à corporação suzanense por representantes da Academia de Medalhística Cívico Militar do Brasil, em uma cerimônia no Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos, em Cotia.

Os guardas Fábio Correa e Ernandez José de Souza da Costa, bem como a cadela farejadora Mayla receberam o reconhecimento devido à atuação exemplar no combate ao tráfico de drogas. Eles foram indicados para a honraria por causa de uma ação realizada no dia 14 de abril, que resultou na apreensão de 3,6 quilos de entorpecentes, escondidos em um terreno abandonado e de difícil acesso no Jardim Monte Cristo.

Na ocorrência, a GCM havia recebido uma denúncia anônima relatando um possível caso de venda de ilícitos no bairro, próximo ao rodoanel Mário Covas (SP-21). A viatura do Canil já estava em patrulha na região e foi acionada para atender o caso. Diante do difícil acesso ao local, coberto de mato e entulhos, os guardas utilizaram sua disciplina e experiência profissional para identificar uma trilha próxima, o que facilitou seu avanço e garantiu agilidade para a operação.

Ao se aproximarem, os criminosos avistaram a GCM e fugiram entre a mata. Com o auxílio da cadela Mayla, os agentes municipais vasculharam as proximidades até encontrar uma bolsa escondida entre a vegetação. Nela, havia 337 porções de maconha e 113 de lança perfume, totalizando 3,6 quilos de drogas. Os entorpecentes foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia (DP) central.

A comandante da GCM, Rosemary Caxito, que também esteve presente na entrega de medalhas, afirmou que o Canil tem obtido resultados excelentes nos últimos anos, frutos da qualidade técnica dos animais do grupamento e do alto grau de profissionalismo dos guardas, que os treinaram com muito empenho e os conduzem nas operações com o máximo de diligência.

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, parabenizou a equipe do Canil Municipal e sua cadela farejadora por todos os serviços prestados em prol dos cidadãos, em especial às ações que coíbem o tráfico de drogas pelos bairros. “Temos muito orgulho destes agentes, que se expõem diariamente para garantir nosso bem-estar. Esta medalha é resultado de seu comprometimento e da dedicação que eles têm com seu trabalho, conquistando resultados expressivos para a cidade diariamente. São realmente um exemplo a ser seguido”, ressaltou o chefe do Executivo.

Histórico premiado

Só neste ano, a cadela farejadora Mayla já colaborou com ao menos oito operações contra o narcotráfico. Graças ao seu faro apurado, mais de 1,5 mil invólucros de drogas foram retirados das ruas de Suzano de janeiro a abril. Além disso, os feitos da cadela farejadora vão além das divisas da cidade. Em dezembro de 2020, o Canil Municipal participou da primeira edição do Torneio de Cães de Polícia, em Nova Odessa, cidade do interior de São Paulo.

Na competição, 30 canis de instituições de segurança pública de todo o Brasil disputaram diversas provas e pistas de obstáculos que simulavam o combate ao crime. Conduzida pelo GCM Da Costa, Mayla foi campeã nacional na categoria faro. Entre todos os outros cachorros, foi a suzanense quem gastou menos tempo para identificar drogas escondidas no circuito em um ambiente de campo aberto. Ao dar a medalha para o animal, os avaliadores também ressaltaram sua disciplina e comportamento exemplar.

Por causa do título, a Pastora-belga foi inclusive convidada para prestar apoio a policiais de outras cidades. Em fevereiro deste ano, ela, o cão Atos e os agentes do Canil trabalharam em conjunto com a Polícia Civil de Mogi das Cruzes para cumprir mandados de busca e apreensão e combater a venda de drogas na cidade vizinha.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias